Libertadores: artilharia dos brasileiros na história do torneio

Comentários()
DOUGLAS MAGNO/AFP/Getty
A lista passa por nomes conhecidos, como Pelé e Neymar até alguns surpreendentes

O futebol brasileiro é conhecido, dentre muitas coisas, pelo poder decisivo de seus jogadores de ataque. Na Libertadores da América, alguns dos maiores atacantes de todos os tempos deixaram as suas marcas no principal torneio do nosso continente. Confira abaixo!

*Atualizado em 23 de abril

  1. Getty Images

    #1 Luizão | 29 gols

    Campeão por Vasco (1998) e São Paulo (2005), o atacante é o brasileiro que mais vezes estufou as redes na Libertadores. Luizão também defendeu as cores de Corinthians e Grêmio na competição.
  2. Arquivo Cruzeiro/Divulgação

    #2 Palhinha | 25 gols

    O atacante foi um dos destaques no título do Cruzeiro em 1976.
  3. Divulgação/Nacional

    #3 Célio Taveira | 22 gols

    Atacante revelado pelo Vasco, Célio virou ídolo no Nacional. Foi na equipe da capital uruguaia onde fez todos os seus 22 tentos na Libertadores.
  4. Divulgação Botafogo FR

    #4 Jairzinho | 21 gols

    O Furacão da Copa de 1970 fez 21 gols. Foram cinco pelo Botafogo, 13 pelo Cruzeiro (onde foi campeão em 1976) e três pelo Jorge Wilstermann, da Bolívia.
  5. Reprodução

    #5 Guilherme | 19 gols

    Ídolo do Atlético-MG, Guilherme fez 9 gols pelo Galo em 2000. Ele também deixou a sua marca por Grêmio (5), Vasco (1) e Cruzeiro (4).
  6. Especial

    #6 Tita | 18 gols

    Campeão em 1981 pelo Flamengo e pelo Grêmio em 1983, Tita também defendeu o Vasco na competição continental.
  7. Allsport UK/ALLSPORT

    #7 Marcelinho Carioca | 18 gols

    Ídolo do Corinthians, onde fez 11 gols na Libertadores, o "Pé de Anjo" também fez sete tentos pelo Flamengo.
  8. Bruno Cantini/Atlético-MG

    #8 Ricardo Oliveira | 19 gols

    O atacante, que ainda pode aumentar esta conta, fez 12 gols pelo Santos, dois pelo São Paulo e neste momento cinco pelo Atlético-MG
  9. DOUGLAS MAGNO/AFP/Getty

    #9 Fred | 18 gols

    'Fredón' vai mostrando que a idade não pesa, e segue empilhando gols pelo Cruzeiro mesmo aos 35 anos de idade: já são três gols pela Raposa em 2018 - além de recordes quebrados -, e outros seis por Atlético-MG e oito pelo Fluminense
  10. Getty Images

    #10 Pelé | 17 gols

    Bicampeão pelo Santos, onde fez todos os seus gols na Libertadores.
  11. MAURICIO LIMA/AFP/Getty Images

    #11 Robinho | 17 gols

    O 'Rei das Pedaladas' fez 14 gols pelo Santos e outros três pelo Atlético
  12. Getty Images

    #12 Zico | 16 gols

    O camisa 10 do Flamengo, campeão em 1981, fez 16 gols com a camisa Rubro-Negra.
  13. Michael Steele/Getty Images

    #13 Jardel | 16 gols

    Jardel fez todos os seus gols pelo Grêmio, entre 1995 (quando foi campeão) e 1996.
  14. Allsport UK/ALLSPORT

    #14 Alex | 15 gols

    Campeão em 1999 pelo Palmeiras, Alex fez 12 tentos pelo Verdão e outros três pelo Cruzeiro.
  15. Ricardo Duarte/Internacional

    #15 Leandro Damião | 15 gols

    Damião fez 11 gols pelo Internacional e outros quatro pelo Cruzeiro.
  16. Ricardo Nogueira/Getty

    #16 Thiago Ribeiro | 14 gols

    Revelado no São Paulo, o atacante marcou um gol pelo Tricolor em 2006, e marcou outros 13 com a camisa do Cruzeiro: foi um na Libertadores 2009, 8 gols em 2010 e outros 4 anotados em 2011.
  17. MIGUEL SCHINCARIOL/AFP/Getty Images

    #17 Rogério Ceni | 14 gols

    Maior goleiro-artilheiro na história e ídolo máximo do São Paulo, o 'Mito' chegou a marcar 5 gols numa única Copa Libertadores, durante a campanha do título de 2005. Foram outros 3 gols marcados nas edições 2006 e 2013 (cada), 2 marcados em 2004 e mais um marcado em 2010.
  18. Rubens Chiri/saopaulofc.net

    #18 Luis Fabiano | 14 gols

    Jogador do São Paulo nas Libertadores de 2004, 2013 e 2015, o Fabuloso marcou 8, 5 e um gol em cada uma dessas temporadas, respectivamente.
  19. #19 Washington | 14 gols

    Ídolo por onde passou, Washington fez sua melhor Libertadores em 2008, quando foi vice-campeão pelo Fluminense com seis gols marcados durante a campanha.

    No São Paulo, ele disputou as duas próximas edições, marcando 3 (em 2009) e 5 gols (2010), respectivamente.

  20. Ricardo Saibun/Santos FC

    #20 Neymar | 14 gols

    Brilhando nos gramados da Europa, Neymar conquistou uma Libertadores antes de deixar o Santos: foi em 2011, quando marcou 6 gols. Na temporada seguinte, o Peixe ficou nas semifinais, mas Ney foi um dos artilheiros de 2012, com 8 gols.