Esquema tático com apenas 2 na defesa? Messi liberado? Sampaoli revela surpresas da nova Argentina

Comentários()
Robert Cianflone/Getty Images
O treinador também confirmou Biglia como capitão nas ausências de Messi, Mascherano e Romero e explica barração do arqueiro

Certeza e dúvida. O novo treinador da seleção argentina, Jorge Sampaoli, confirmou uma informação e deixou outra em aberto na coletiva de imprensa concedida na véspera do amistoso contra Singapura, terça-feira (13).

A confirmação foi de que o meio-campista Lucas Biglia será, pela primeira vez no selecionado principal, o capitão na partida – nas ausências de Messi, liberado, e Mascherano, que se recupera de lesão. Já a dúvida foi ao responder sobre quem imagina que vai garantir a vaga de titular no gol. Para terça-feira, Nahuel Guzmán ocupará o posto sob as traves no lugar de Sergio Romero.

Romero Argentina x Brasil treino Belo Horizonte 08 11 16Romero não será titular contra Singapura (Foto: Rodrigo Calvozzo / Goal Brasil)

“Eu não posso dizer quem vai ser o goleiro nas Eliminatórias, porque posso dizer algo hoje e não cumprir amanhã. São todos jogadores que estão muito valorizados”, justificou o técnico, que estreou com vitória por 1 a 0 em amistoso realizado na Austrália contra o Brasil. “A decisão de que [Guzmán] jogue é para vê-lo em ação e para que tenha a chance de se comunicar com uma defesa alta”, explicou.

GFX 2-3-4-1 Argentina 12 06 2017

A defesa alta citada por Sampaoli foi outro tema comentado, pois o comandante espantou os jornalistas ao divulgar uma escalação com apenas dois zagueiros: “Com esse esquema podemos ser muito agressivos defensivamente”, explicou o treinador que na última temporada fez um grande trabalho com o Sevilla, da Espanha. “A defesa do time são os 10 jogadores. Muito além das características de cada um, o que se busca é uma organização na defesa”.


VEJA TAMBÉM:


“Vamos jogar com a intenção de procurar o jogo desde o início, porque é algo que precisamos para os quatro jogos restantes nas Eliminatórias”. Jorge Sampaoli também fez elogios ao atacante Mauro Icardi, que voltou a ganhar oportunidades na lista do novo comandante, e explicou por que liberou Messi e Gonzalo Higuaín: “Eles vinham com uma carga muito grande de partidas, e não tinha sentido a arriscá-los”.

Fechar