STJD avisa que não punirá o Botafogo por injúria racial

Comentários()
Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Superior Tribunal de Justiça Desportiva divulga comunicado sobre julgamento de confusões ocorridas no jogo entre Botafogo e Flamengo

O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) anunciou nesta terça-feira (22) que julgará as confusões ocorridas na partida entre Botafogo e Flamengo, pela Copa do Brasil, apenas nesta sexta-feira (25), dois dias depois da segunda partida semifinal entre as duas equipes.

De acordo com o Tribunal, serão julgadas as expulsões de Alex Muralha e Joel Carli, o apedrejamento do ônibus do Flamengo e os dois clubes por "conduta imprópria de seus torcedores".

Joel Carli Muralha Botafogo Flamengo Copa do Brasil 17 08 2017Crédito: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Além disso, no anúncio, o STJD confirmou que o caso de injúria racial protagonizado por um torcedor do Botafogo contra familiares de Vinícius Jr. não acarretará em punição ao clube carioca. O órgão afirmou que o caso está sendo "devidamente apurado pelo órgão competente" e destacou que o clube só pode ser prejudicado por ato "induvidoso de sua 'torcida' e/ou número considerável de 'torcedores'".


VEJA TAMBÉM:


Fechar