Schmeichel pai e filho demonstram tristeza após eliminação

Comentários()
(C)Getty Images
Goleiro brilhou, mas não evitou a derrota nos pênaltis da Dinamarca nas oitavas de final

banner Copa 2018

A dor da eliminação da Dinamarca nas oitavas de final da Copa do Mundo vai ficar por muito tempo ainda presente. Principalmente pra o goleiro Schmeichel. Considerado o melhor em campo contra a Croácia, o jogador defendeu o pênalti de Modric no segundo tempo da prorrogação e após uma brilhante atuação, não escondeu a sua tristeza. 

"Difícil de aceitar. Destruído e sem palavras, mas muito orgulhoso desse time", escreveu.

O seu pai, Peter Schmeichel, presente no estádio, também lamentou a queda, mas fez questão de exaltar os jogadores. 

Mais artigos abaixo

"Não tenho palavras. Não poderia estar mais orgulhoso do meu país, meu filho, seus companheiros de equipe, todo o pessoal e do nosso fantástico treinador nacional Age Hareide. Quando todas as lágrimas secarem, vamos perceber o quão bem nós fizemos", disse o ex-goleiro do Manchester United e da seleção.

A Dinamarca deixa a Rússia invicta, com uma vitória e três empates.

Fechar