Prêmio Puskás: somente os gols mais bonitos da história podem sonhar com ele!

FABRICE COFFRINI/AFP/Getty
Com menos de dez anos, honraria oferecida pela FIFA já está entre os troféus mais cobiçados do futebol

Criado há nove anos pelo ex-presidente da FIFA, Joseph Blatter, para homenagear o lendário atacante Ferenc Puskás, o Prêmio Puskás é cobiçado por muitos, mas somente o autor do gol mais bonito do ano no futebol mundial tem a honra de recebê-lo. A lista de ganhadores não é extensa, mas grandes nomes da atualidade, como Neymar e Cristiano Ronaldo, já conseguiram conquistar o prêmio.

O Brasil foi representado por duas vezes: em 2011, por Neymar e e em 2015, com Wendell Lira. O atual astro do Paris Saint-Germain brilhou pelo Santos em 2011 com um gol antológico pelo Santos diante do Flamengo de Ronaldinho Gaúcho, que terminou em um emocionante 5 a 4 para os cariocas.

DICA PARA GANHAR UM PS4 + FIFA 18  -  CLIQUE AQUI

Wendell Lira 2015 Puskas Award 11012016 Wendell Lira, vencedor de 2015 (Foto: FABRICE COFFRINI/AFP/Getty Images)

Já Wendell Lira jogava pelo modesto Goianésia, e precisou acertar uma linda meia-bicicleta em uma partida contra o Atlético-GO para cativar os eleitores e ficar com o Puskás de 2015. Um feito e tanto, considerando que ele desbancou ninguém mais, ninguém menos que Lionel Messi, que ainda busca o título na carreira.

 

Favorito a ganhar o Puskás desta temporada após marcar um golaço de bicicleta contra a Juventus, nas quartas de finais da Champions League, o português Cristiano Ronaldo foi o primeiro atleta a conquistar o prêmio desde sua criação, em 2009, com um chutaço da intermediária contra o Porto quando ainda atuava pelo Manchester United.

Em 2010 e 2012, o turco Hamit Altintop e o eslovaco Miroslav Stoch, respectivamente, levaram o troféu para casa.

Confira a lista dos últimos vencedores:

GFX_Puskás

Fechar