Pequenos Gigantes: Um camaronês que fez história no Macaé

Comentários()
Divulgação
Em 2008, Steve marcou o primeiro gol do clube em uma Série A de Campeonato Carioca

Header Pequenos Gigantes do RJ

O Macaé pode ser um clube recente - vai completar 28 anos em 2018 -, mas já tem um ídolo que a torcida idolatra. É muito muito comum ver os nossos vizinhos sul-americanos brilharem no futebol brasileiro. No entanto, encontrar um africano já é mais difícil. Mas existe, e tem nome e sobrenome: Steve Loic Mbous. Um camaronês mais conhecido como "Stivi".

O volante foi o primeiro jogador da história do Macaé a marcar um gol no jogo válido pelo Campeonato Carioca da primeira divisão, em 2008, contra o América. Além do mais, saiu dos pés do camaronês o primeiro tento do clube no Maracanã, no empate com o Fluminense em 2 a 2.

Outra marca que "Stivi" também deixou foi o gol anotado no dia 5 de julho de 2009, contra o Fluminense de Feira (BA), aos 15 minutos da etapa inicial. O tento foi o primeiro da história do Brasileiro da Série D, competição que estreou no calendário da CBF.

O clube fez uma campanha brilhante na competição, quando eliminou o Tupi nas quartas de final e ficou com o acesso. Mas, o Leão não parou. Eliminou a Chapecoense nas semifinais - venceu por 2 a 0 no Maracanã, na preliminar de um Fla-Flu com quase 70 mil pagantes, e perdeu de 3 a 2 em Chapecó - e foi para a final contra o São Raimundo (PA). No jogo de ida, em Volta Redonda, o Macaé venceu por 3 a 2. Mas, em Santarém, os donos da casa ganharam de virada por 2 a 1 e ficaram com o título no gol qualificado.

Steve Macae
Foto: Divulgação

Nascido na cidade de Mfou, Steve iniciou sua carreira no Canon Yaoundé-CAM, e chegou a ser convocado para a seleção sub-17 de seu país. Após encerrar a carreira em 2014, Steve é até hoje lembrado com muito carinho e tratado como ídolo em Macaé.

Atualmente, o Macaé ocupa a vice-liderança do Grupo C da Taça Guanabara. Nesta quinta-feira (25), recebe o Botafogo, às 19h30 (de Brasília), no Moacyrzão.

Fechar