Suécia 1 x 0 Coreia do Sul: VAR volta a entrar em ação, e suecos vencem com gol de pênalti
Clive Mason/Getty Images
Granqvist, de pênalti, fez o único gol da partida disputada no Estádio Nizhny Novgorod pelo Grupo F do Mundial

banner Copa 2018

O árbitro de vídeo voltou a entrar em ação nesta segunda-feira (18) e foi decisivo na vitória da Suécia por 1 a 0 sobre a Coreia do Sul, no Estádio Nizhny Novgorod, pela primeira rodada do Grupo F da Copa do Mundo.

Inicialmente, o árbitro Joel Aguilar, de El Salvador, não viu pênalti de Kim Min-Woo em Claesson. Avisado pelos responsáveis pelo vídeo, porém, voltou atrás e assinalou a infração cobrada e convertida por Granqvist.

Com o resultado, a Suécia divide a liderança da chave com o México, que, no último domingo (17), derrotou a Alemanha. No próximo sábado (23), os suecos enfrentam a atual campeã do mundo, às 15h (de Brasília), em Sochi. Um pouco mais cedo, às 12h, a Coreia do Sul encara a seleção comandada por Osorio.

O JOGO

O primeiro tempo ficou marcado pelo excesso de faltas cometidas pelas duas equipes. Foram 14 da Coreia do Sul contra 11 da Suécia. Com a bola rolando, a seleção asiática começou o jogo trocando passes e apostando na velocidade, mas quem dominou mesmo com mais posse de bola e criou mesmo as melhores chances foram os suecos.

A principal delas aconteceu aos 19 minutos. Após cruzamento de Lustig, Toivonen tocou para Berg, que, na pequena área, finalizou e parou em grande defesa do goleiro Cho Hyun-Woo, que jogou para escanteio. No cruzamento, Jansson cabeceou e a bola passou perto da trave. Aos 43, os suecos ainda reclamaram de pênalti de Ki Sung-Yueng em Toivonen, mas o árbitro mandou seguir.

Do lado coreano, o principal acontecimento do primeiro tempo não foi um chute a gol, mas um fato negativo: a lesão de Park Joo-Ho, que sentiu dores na coxa direita após se esforçar para pegar uma bola perto da latera. Kim Min-woo entrou no seu lugar.

No segundo tempo, o jogo melhorou. As duas equipes se arriscaram mais e consequentemente aumentaram as chances de gol. Do lado da Suécia, Forsberg levou perigo em chute por cima do gol. A Coreia respondeu com Koo cabeceando na rede pelo lado de fora. Aos 10, Cho Hyun-Woo voltou a salvar após finalização de Toivonen.

Criando as melhores chances, a Suécia abriu o placar. Mas o gol só saiu após mais um pênalti na Copa com o auxílio do VAR. Inicialmente o árbitro Joel Aguilar, de El Salvador, achou normal a entrada de Kim Min-Woo em Claesson. Avisado pelos responsáveis pelo vídeo, porém, ele parou o jogo, reviu o lance e assinalou a infração. Granqvist cobrou com categoria no canto esquerdo de Jo Hyeon-Woo, que caiu para a direita.

Andreas Granqvist - Suécia x Coreia do Sul - 18/06/2018
(Foto: DIMITAR DILKOFF/AFP/Getty Images)

Após o gol sofrido, a Coreia do Sul foi pra cima em busca do empate, mas acabou parando na bem postada defesa sueca e não conseguiu criar nenhuma grande chance de gol até os acréscimos, quando Hwang Hee-Chan testou para fora após assistência de Lee Jae-Sung.

Comentários ()