Sevilla 2 x 0 Barcelona: Sevilla bate mistão do Barça e garante vantagem na Copa do Rei
getty Images
Sarabia e Ben Yedder anotaram os gols da equipe andaluz no jogo de ida das quartas de final

O Sevilla aproveitou a fragilidade do "mistão" do Barcelona - Coutinho, Alba e Suárez no banco e sem Messi - para vencer por 2 a 0, no estádio Ramón Sánchez Pizjuan, em partida de ida válida pelas quartas de final da Copa do Rei. Sarabia e Ben Yedder anotaram os gols.

Com o resultado, o Sevilla tem a vantagem de empatar ou perder por um gol de diferença no jogo de volta, no Camp Nou. Já ao Barcelona resta vencer por três gols a mais ou repetir os 2 a 0 para levar a decisão à prorrogação.

Mais artigos abaixo

O jogo

Se um lado o Sevilla entrou em campo seu time principal, do outro o Barcelona atuou pela primeira vez com um novo trio de ataque formado por Aleñá, Malcom e Boateng. E o jogo foi bastante disputado entre as equipes, até com algumas faltas fortes, porém com pouca inspiração. Aos 24, o Sevilla pediu pênalti após Vidal cortar cruzamento de Sarabia, alegando toque de mão. A arbitragem, no entanto, utilizou o VAR e viu desvio no ombro do defensor.

Arthur Quincy Promes Sevilla Barcelona Copa del Rey 23012019
(Foto: Getty Images)

As equipes só chegaram com perigo real ao ataque já na reta final da primeira parte. Aos 41, Arthur carregou por dentro e soltou para Malcom, que entrou na área, driblou o goleiro e chutou para fora. A resposta do Sevilla veio na sequência, quando Escudero cruzou para Ben Yedder. Ele chutou de primeira e Cillessen fez grande defesa.

O Sevilla voltou mais intenso para a segunda etapa, em busca de abrir o placar e conseguiu. Aos 13, Promes avançou pela esquerda e cruzou. A bola passou por todos até que Sarabia pegou de primeira e abriu o placar. Os mandantes seguiram pressionando e Banega e Escudero erraram suas definições. Então, no Barça, entraram Suárez e Coutinho e logo em seu primeiro lance, o brasileiro quase empatou com forte chute, aos 19. Só que a equipe melhor em campo ampliou o placar. Em contra-ataque, Banega bateu cruzado e Ben Yedder se jogou para mandar para a rede. O Barça tentou descontar, mas Suárez jogou a melhor chance para fora.

Comentários ()