Real Madrid 2 x 3 Barcelona: Em clássico espanhol que pode ter sido o último de Neymar, Barça vence e fatura ICC
Chris Trotman
Messi, Rakitic e Piqué fizeram os gols do time azul-grená, enquanto Kovacic e Asensio descontaram para os Merengues

Em clássico espanhol que pode ter sido o último de Neymar com a camisa do Barcelona, os culés venceram o Real Madrid por 3 a 2, em Miami, na noite deste sábado, e faturaram o título da International Champions Cup, com três triunfos em três jogos. Messi, Rakitic e Piqué fizeram os gols do time azul-grená, enquanto Kovacic e Asensio descontaram para os Merengues.

Agora, os olhos ficam direcionados ainda mais para o brasileiro, que ainda não anunciou se permanece no Barcelona ou se irá se transferir para o PSG.  

O jogo

O primeiro tempo foi de tirar o fôlego em Miami. O Barcelona começou completamente aceso, enquanto o Real Madrid pareceu desligado. E os catalães aproveitaram isso. Logo aos 3, Messi arrancou ao seu melhor estilo, entrou na área pela direita e chutou. A bola desviou em Kovacic, encobriu Navas e morreu no fundo do gol. Logo em seguida, outro gol do Barça. Neymar rolou para a entrada da área. Suárez deixou a bola passar e Rakitic acertou um chutaço.

Neymar Real Madrid Barcelona ICC
(Foto: Getty Images)

Os culés perderam ainda mais duas boas chances. Até que o Real Madrid acordou. Aos 14, Kovacic bateu da entrada da área e mandou no cantinho. Então, o jogo ficou completamente aberto as duas equipes desperdiçaram grandes chances, principalmente o Barça, com Messi e Neymar. Mas aos 36, Kovacic puxou contra-ataque fulminante e soltou para Asensio, que driblou Alba e chutou forte para deixar tudo igual.  

Na etapa complementar, o Barça optou por fazer apenas uma modificação, enquanto o Real Madrid mudou mais peças. E os catalães souberam aproveitar a falta de entrosamento rival para fazer o terceiro. Na marca dos 5 minutos, Neymar bate falta e cruzou. Piqué apareceu livre na área e deu um tapa para o fundo do gol. Em seguida, Neymar perdeu a chance de fazer o quarto. Depois disso, foi pressão Merengue, mas Cillessen fez grandes defesas em chutes de Isco e Bale e garantiu o triunfo azul-grená.

Comentários ()