Marrocos 0x1 Irã: gol contra nos acréscimos dá a segunda vitória dos persas na história dos Mundiais
Getty
Em jogo sem grandes inspirações, a equipe treinada por Carlos Queiroz venceu graças a uma trapalhada de Aziz Bouhaddouz

banner Copa 2018

Assim como havia acontecido mais cedo, na vitória do Uruguai sobre o Egito, o Irã bateu Marrocos graças a um gol de cabeça nos acréscimos. Só que o tento foi contra, anotado pelo marroquino Aziz Bouhaddouz dentro do Estádio Krestovsky, em São Petersburgo.

Com o resultado, que marcou apenas a segunda vitória iraniana na história dos Mundiais, os persas começam a fase inicial na liderança do Grupo B (que ainda terá Espanha e Portugal se enfrentando), com três pontos. As equipes voltam a entrar em campo na próxima quarta-feira (20). Os marroquinos enfrentam Portugal, às 9h (horário de Brasília), e o Irã joga contra a Espanha às 15h.

O jogo

Sardar Azmoun Iran Karim El Ahmadi Morocco(Foto: Getty Images)

O primeiro tempo foi de muita correria em campo, com os marroquinos ditando o ritmo da posse de bola e levando mais perigo.  Referência técnica da equipe africana, Hakim Ziyech teve uma boa chance após escanteio... mas furou vergonhosamente o arremate.

A equipe marroquina voltou a ter uma grande oportunidade em bate-rebate dentro da área,  e depois do susto os iranianos começaram a encaixar os contra-ataques e cresceram no jogo. A principal oportunidade para o time de Carlos Queiroz veio aos 42 minutos, quando Sardar Azmoun ficou cara-a-cara com o goleiro, mas chutou em cima de Munir Mohamedi, terminando a etapa inicial sem gols.

Sardar Azmoun Iran Medhi Benatia Morocco 150618(Foto: Getty Images)

No segundo tempo, o jogo desacelerou, o nível caiu bastante e as disputas foram mais concentradas em lances de falta. Em uma dessas ocasiões, o ala Amrabat caiu de mal jeito no gramado e precisou ser substituído por precaução. Minutos depois, Jahanbakhsh, do Irã, deixou o gramado de maca.

Foi apenas aos 79 minutos que algum dos times voltou a acertar a finalização. Ziyech arriscou de longe, e o goleiro Alireza Beiranvand voou para fazer uma bela defesa. Tudo levava a crer que o embate terminaria sem gols, quando Aziz Bouhaddouz cabeceou contra o próprio patrimônio nos acréscimos.

Comentários ()