M. United 0 x 2 PSG: Parisienses ignoram desfalques importantes, vencem e ficam com a vantagem nas oitavas de final
Getty
Kimpembe e Mbappé anotaram os gols para o time de Thomas Tuchel

Neymar, Cavani? O PSG não sentiu falta de dois de seus principais craques e venceu o Manchester United por 2 a 0, no Old Trafford, na noite desta terça-feira (13), em partida de ida das oitavas de final da Champions League. Kimpembe e Mbappé anotaram os gols para os parisienses.

Com o resultado, o PSG fica com a vantagem de poder empatar ou até perder por um gol de diferença para ficar com a vaga. Já o Manchester United precisa vencer por três gols a mais para avançar. Caso os Red Devils ganhem por 2 a 0, a decisão será nas penalidades.

O jogo

A primeira etapa ficou marcada pelo equilíbrio entre as duas equipes. O PSG foi quem assustou primeiro, aos 5. Após boa troca de passes, Verratti serviu Di Maria, que ajeitou de frente para a área e bateu colocado para fora. O Manchester United respondeu na sequência, com forte chute de Rashford que Buffon espalmou. Os Red Devils tentaram pressionar e na marca dos 15 Pogba cruzou com perigo, mas Buffon, atento, defendeu.

Paul Pogba Marquinhos Manchester United PSG Champions League 12022018
(Foto: Getty Images)

Só que com o passar do tempo o jogo ficou "amarrado", com direito a algumas faltas duras e cartões amarelos distribuídos. Os parisienses quase marcam aos 27, quando Draxler encontrou Mbappé, que bateu desequilibrado e mandou para fora. Então, até o intervalo, as equipes não conseguiram mais chegar com perigo e a arbitragem teve que acalmar os ânimos, principalmente após uma falta forte de Young em Di Maria. Os Red Devils perderam ainda Lingard, lesionado e Sánchez entrou.

O PSG voltou completamente ligado para o segundo tempo, enquanto o United retornou mal. E aí os parisienses foram para cima. Aos 7, Mbappé cabeceou e De Gea espalmou. Em seguida, Di Maria bateu escanteio e Kimpembe, no segundo pau, pegou de primeira para abrir o placar. O United acusou o golpe e viu o adversário ampliar. Aos 15, Di Maria carregou pela esquerda e cruzou para Mbappé mandar para a rede. Os franceses seguiram apertando, mas De Gea pegou os chutes de Mbappé e Bernat. Na reta final, o time inglês tentou apertar o  para diminuir o marcador, mas não teve sucesso. Ainda antes do fim, o prejuízo do Manchester aumentou com a expulsão de Pogba nos acréscimos.

Comentários ()