Grêmio 3 x 2 Ceará: Tricolor vence de virada e se aproxima dos líderes
Vozão chegou a ficar duas vezes à frente do placar, mas donos da casa conseguiram a virada

O Grêmio mostrou que está na briga pelo título brasileiro. Não apenas pela vitória por 3 a 2 sobre o Ceará, de virada, neste domingo (23), na Arena, mas também pela boa atuação na movimentada partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Grêmio chega aos 47 pontos, entra no G-4 e diminuí para quatro a diferença para o líder São Paulo, que empatou com o América-MG no último sábado (22). Agora, o Tricolor seca o rival Internacional, que visita o Corinthians para manter a distância para a primeira colocação. Já o Vozão, com 27 pontos, segue na 17ª colocação.

Na próxima rodada, o Grêmio visita o Fluminense, sábado (29), às 16h (de Brasília), no Rio de Janeiro. No dia seguinte, o Ceará recebe a Chapecoense, às 19h.

Maicon e Luan - Grêmio x Ceará - 23/09/2018
(Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA)

O JOGO

Um primeiro tempo intenso de ambos os lados animou os torcedores que assistiram a partida. O Ceará abriu o placar aos 12 minutos após cruzamento de Juninho Quixadá, que terminou com conclusão de coxa de Luiz Otávio. O Grêmio buscou o empate de forma semelhante. Após cobrança de escanteio de Luan, Geromel subiu mais alto que a defesa para deixar a sua marca.

O Grêmio seguia no ataque em busca da virada, mas foi o Vozão que voltou a ficar em vantagem. Em bom contra-ataque, Juninho Quixadá chutou, Grohe espalmou e Arthur mandou para o fundo das redes. O time da casa, porém, novamente chegou ao empate antes do intervalo com Thonny Anderson aproveitando ótimo passe de Léo Moura.

Na segunda etapa, as duas equipes mostraram cansaço e os chutes de longa distância passaram a ser mais frequentes, principalmente do Grêmio. O gol da vitória do Imortal veio em bela cobrança de falta de Luan, que vinha sendo criticado pela torcida.

No fim, o Ceará se lançou ao ataque em busca do empate, mas não conseguiu levar perigo e foi o Grêmio que quase fez o quarto com Everton, que parou em grande defesa de Everson.

Comentários ()