França 4 x 3 Argentina: Em jogo de golaços, Bleus avançam às quartas de final
Gettyimages
Com Mbappé brilhando, franceses são letais no contra-ataque e despacham os argentinos da Rússia

banner Copa 2018

QUE JOGO! Os torcedores presentes na Arena Kazan presenciaram um festival de verdadeiros golaços no duelo entre França e Argentina na manhã deste sábado (30). Em duelo de vira vira no placar, os Bleus contaram com o contra-ataque letal e o brilho de Mbappé para avançarem às quartas de final. 

ASSISTA: os gols de França 4 x 3 Argentina

Com uma defesa completamente lenta e fraca, os argentinos ensaiaram uma reação, mas não o suficiente para conter os jovens franceses. 

Eliminados, a Argentina volta para casa enquanto a equipe comandada por Deschamps aguardam o confronto entre Uruguai e Portugal para conhecer o adversário das quartas de final.

O JOGO

Apesar da Argentina registrar maior posse de bola no primeiro tempo, os franceses eram fatais no contra-ataque e logo aos 10 minutos eles provaram isso. 

Mbappé arrancou em velocidade e foi derrubado por Rojo dentro da área. Na cobrança, Griezmann abriu o placar na Arena Kazan. 1 a 0. 

Mas quem não faz... leva! Após a equipe comandada por Didier Deschamps desperdiçar oportunidades e errar o último passe, Di María apareceu aos 40 minutos e fez um golaço de fora da área igualando o duelo. Finalmente o argentino apareceu na Copa do Mundo.

Pavard Argentina France Francia World Cup  2018 30062018
Foto: Getty Images

Na volta do intervalo, o jogo pegou fogo. Em 25 minutos, três gols.

Logo aos dois, Di María é derrubado por Pavard. Na cobrança, a bola sobrou para Messi, mas foi Mercado quem deu o toque final para o fundo das redes. 

Mas a vantagem não durou muito tempo e os torcedores presentes viram mais uma virada. Aos 11, Pavard fez mais um golaço em Kazan. Após cruzamento de Hernández, Pavard chutou sem chances para Armani, enquanto Mbappé mudou novamente o placar.

Aos 18, em novo cruzamento de Hernandéz, Mbappé ficou com a sobra e faz mais um belo gol. E quem pensa que parou por aí, engana-se. Quatro minutos depois, novamente o jovem de 19 anos partiu em velocidade e ampliou: 4 a 2.

Após um festival de gols, a Argentina sentiu e as equipes diminuíram o ritmo, mas antes do apito final, teve espaço para mais um tento.

Os argentinos buscaram uma reação com cruzamento de Messi e gol de Aguero já nos acréscimos. 4 a 3. Já era tarde e os sul-americanos se despedem da Rússia.

Comentários ()