Corinthians 0 x 1 Ponte Preta: Em jogo com expulsões, Jadson perde pênalti e Macaca arranca vitória no Pacaembu
Felipe Saraiva marcou o único gol da partida

Com um elenco cheio de garotos, a Ponte Preta surpreendeu e venceu o Corinthians por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (17), no Pacaembu, em partida de estreia do Campeonato Paulista. O jogo foi marcado pelas expulsões de Fellipe Cardoso e Guilherme Romão, além do belo gol marcado por Felipe Saraiva.

Com o resultado, a Ponte Preta marca os três primeiros pontos no Paulistão e assume a liderança do grupo B, enquanto o Corinthians fica em terceiro lugar no grupo A. Na próxima rodada, o Timão joga fora de casa contra o São Caetano, e a Macaca recebe a Linense.

Mais artigos abaixo

O jogo

O primeiro tempo foi morno no Pacaembu. Ainda distantes da forma ideal, Corinthians e Ponte Preta fizeram um jogo cadenciado e, ao mesmo tempo, bastante truncado. A Macaca apareceu  mais vezes no campo de ataque inicialmente, mas não tinha criatividade para furar o bloqueio corintiano.

Jadson Corinthians Ponte Preta Paulista 17012018
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

O Timão, por outro lado, foi se ajustando em campo e quase marcou aos 17. Jadson bateu colocado, Ivan espalmou e Kazim mandou o rebote para fora. Pouco depois, Rodriguinho tabelou com Romero, entrou na área e rolou para trás e Jadson mandou no travessão. Na sequência, Gabriel encheu pé de fora da área e a bola passou perto. Antes do intervalo, o atacante da Ponte, Fellipe Cardoso, que já tinha um amarelo, acertou uma solada em Cássio e foi expulso.

A equipe da casa voltou para o segundo tempo tentando aproveitar o fator de ter um jogador a mais e Clayson chutou forte para Ivan espalmar. A Ponte, por outro lado, jogou por uma oportunidade. Ela veio. Aos 23, Felipe Saraiva saiu da marcação e acertou um chutaço de fora da área, abrindo o placar. Então, a Macaca ficou toda atrás e o Timão teve chance de empatar quando Jadson foi derrubado dentro da área, aos 28. O próprio camisa 10 bateu e Ivan defendeu. Na reta final, foi a fez de Guilherme Romão levar o segundo amarelo e ser expulso. O Corinthians  ainda tentou em chutes de Rodriguinho e Marquinhos Gabriel, mas a noite era mesmo do goleiro da Macaca, que garantiu a vitória.

Comentários ()