Botafogo 2 x 1 Corinthians: Botafogo bate o líder e segue firme no G7
© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Resultado no Rio aumenta pressão sobre o líder no returno e aproxima rivais paulistas da briga pelo topo

O Botafogo bateu o Corinthians no Nilton Santos, nessa segunda-feira (23), e segue na zona de classificação para a Copa Libertadores. Os paulistas reclamam um pênalti não marcado no Rio de Janeiro e seguem somando resultados ruins no returno do Brasileirão.

Um time lutando para firmar uma vaga na zona que classifica para a Libertadores, e outro tentando recuperar a confiança e o bom desempenho do primeiro turno. Assim entraram em campo, Botafogo e Corinthians.

Os alvinegros jogaram com intensidade e ousaram nos chutes de longa distância, tentando aproveitar a bola e o gramado molhado. Gatito e Cássio fizeram bem suas funções e a trave também (num chutaço de Marquinhos Gabriel). O meia corinthiano que por sinal, começou como titular no lugar do improdutivo Romero, foi um dos que mais se movimentou pelo lado paulista.

Marquinhos Gabriel Fabio Carille Botafogo Corinthians Brasileirao Serie A 23102017(Foto:Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Com sua característica de contra-ataques em alta velocidade, o Fogão levou perigo à defesa corinthiana e várias oportunidades. Os passes errados na última bola prejudicaram as duas equipes que buscavam o gol. Na volta do intervalo, Carille perdeu a paciência com o ainda mais improdutivo Jádson e promoveu a entrada do atacante paraguaio no alvinegro do Parque São Jorge.

Os gols que faltaram na primera etapa finalmente aconteceram no segundo tempo. Em uma cobrança ensaiada de escanteio, Brenner aproveitou desvio de Pimpão e abriu o placar aos 8 minutos. O Corinthians buscou o empate com Jô aos 15.

A disputa era aberta e com o Botafogo levando mais perigo com os contra-ataques. O Timão seguia com as mesmas dificuldades de armação das jogadas como ocorre. Em outro cobrança de escanteio Igor Rabello subiu mais alto que todo mundo e fez o segundo do Bota. Carille mexeu no time colocando Clayson e Kazim, sem resultados.

Um pênalti aos 49 do segundo de Igor Rabello em cima de Jô e na frente do árbitro de fundo, mas a infração não foi marcada e o Botafogo saiu de campo com uma grande vitória e deixando o campeonato ainda mais aberto.

Comentários ()