Avaí 0 x 0 Corinthians: Equipes não saem do zero e Timão vê distância diminuir
Cassio Corinthians Atletico-PR Brasileirao Serie A 15072017
Alexandre Schneider/Getty
Jogo ficou marcado pelas oportunidades perdidas; Timão engata 29 jogos sem perder, mas os dois últimos sem vencer

Em um jogo em que a bola teimou em não entrar, Avaí e Corinthians ficaram no 0 a 0, na Ressacada, na noite desta quarta-feira, em partida válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os catarinenses deixaram o Alvinegro propor o jogo, e mesmo com chances criadas dos dois lados, placar não se moveu no estádo do Leão da Ilha. Timão engata 29º nono jogo sem perder, mas emplaca sequência de dois jogos sem vencer.

Com o resultado, o Corinthians permanece na liderança do Brasileirão, agora 37 pontos. Já o Avaí fica na 18ª posição, com 14 pontos marcados. Na próxima trodada, o Timão visita o Fluminense, os catarinenses recebem o Cruzeiro.

O jogo

Mesmo jogando em casa, o Avaí optou por dar campo ao Corinthians para buscar os contra-ataques. O Timão, então, passou a ter posse de bola e procurou envolver o adversário. Aos 7, Jô deu bom passe para Arana, que entrou na área e chutou rasteiro para fora. Mas logo depois, o Alvinegro sofreu duas baixas importantes. Lesionados, Pablo e Jadson saíram para as entradas de Marquinhos Gabriel e Pedro Henrique na marca dos 15 minutos.

O Avaí chegou em cabeçada perigosa de Pedro Castro, que passou perto do travessão e também com Juan, que entrou na área, mas foi bem abafado por Cássio. Do outro lado, o Corinthians teve problemas para articular as jogadas, buscou arremates a distância, mas em nenhum deles acertou o alvo.

A etapa complementar já foi mais emocioante. As equipes foram mais encisivas na busca pelo gol. Aos 9, Wellington perdeu grande chance dentro da pequena área e mandou por cima. Pouco depois, Douglas segurou cabeçada de Jô. Os minutos passaram e os times aceleraram o ritmo. Rodriguinho, em belo voleio, também parou no goleiro, enquanto Joel, na sequeência, bateu cruzado e parou na trave. Antes do fim, um susto para os catarinenses. Arana alçou a bola na área, Betão mergulho e acertou o travessão, quase marcando contra. Mas a noite não era mesmo para a rede balançar.