Atlético-MG (4)1 x 2(2) Figueirense: Figueira surpreende, mas Victor brilha e Galo avança nos pênaltis
Pedro Vilela/Getty
Duas defesas do camisa 1 nas cobranças alternadas garantiram os mineiros na próxima fase da Copa do Brasil

Na hora mais complicada, pesou a camisa do Atlético-MG - e, principalmente, a mística do goleiro Victor: jogando em casa, o Galo foi batido pelo Figueirense por 2 a 1 nos 90 minutos e, com duas defesas na disputa por pênaltis, o camisa 1 garantiu a classificação aos Mineiros na Terceira Fase da Copa do Brasil 2018.

Jorge Henrique e Zé Antônio colocaram o Figueira na frente, enquanto Ricardo Oliveira igualou o agregado da disputa.

O jogo

Mais artigos abaixo
Roger Guedes Atletico-MG Figueirense 14032018 Copa do BrasilFoto: Bruno Cantini/Atlético-MG/Divulgação

Com a necessidade do resultado, o Figueirense buscou o gol assim que a bola rolou no Horto, e saiu na frente aos 21 minutos: em cobrança de falta, Zé Antônio encheu o pé e acertou o ângulo do goleiro Victor. Mas o susto durou pouco: com um passe de Adílson, a zaga cochilou e Ricardo Oliveira dominou antes de bater cruzado e empatar.

Depois de um início morno na segunda etapa, um erro da defesa do Galo permitiu a Jorge Henrique recolocar os visitantes em vantagem: André Luis recebeu na área e tentou escorar para Jorge Henrique que, na insistência, mandou colocado, aos 25 minutos. O Atlético foi atrás da classificação direta e pressionou, mas não evitou o drama dos pênaltis.

Nem precisou do drama: Victor, sempre ele, pegou as cobranças de Jorge Henrique e Diego Renan, enquanto Fábio Santos, Ricardo Oliveira, Tomás Andrade e Luan, fechando a conta, asseguraram a classificação.

Comentários ()