Argentina 1 x 1 Venezuela: Drama! Hermanos empatam com lanterna e seguem na quinta posição das Eliminatórias
ALEJANDRO PAGNI/AFP/Getty Images
Time de Jorde Sampaoli segue em quinto lugar, e terá confrontos diretos nas duas últimas rodadas, contra Peru e Equador

O drama da Argentina continua nas eliminatórias para a Copa do Mundo 2018. Na noite desta terça-feira, os hermanos empataram com a lanterna Venezuela por 1 a 1, no Monumental de Nuñez, e seguem na quinta colocação, com 24 pontos, o que faria com que disputassem a repescagem para ir ao mundial.

Desta forma, a Argentina terá confrontos diretos nas duas últimas rodadas das eliminatórias contra Peru (4º), em casa, e Equador (8º, mas que ainda sonha com uma vaga), fora.

O jogo

A Argentina entrou em campo pressionada por estar ciente praticamente de todos os resultados da rodada. Então, desde o apito inicial, os hermanos trataram de ficar com a bola nos pés e pressionar a Venezuela. Logo aos 3 minutos, Mascherano achou Icardi, que entrou na área e bateu cruzado para a defesa de Fariñez.

Argentina Venezuela Eliminatorias Sudamericanas 05092017
(Foto: EITAN ABRAMOVICH/AFP/Getty Images)

Os mandantes seguiram martelando, mas quando não pararam nos bloqueios da defesa, o goleiro Fariñez trabalhava bem, como em outro arremate de Icardi, após passe de Di María. A partir da marca dos 30, a Venezuela começou a sair mais para o jogo e passou a também rondar a área hermana, mas não ofereceu perigo. Antes do intervalo, Messi finalmente apareceu e encheu o pé da entrada da área. Só que Fariñez espalmou e garantiu a igualdade na primeira etapa.

No segundo tempo, a Venezuela mostrou valentia e passou a atacar mais a Argentina. Tanto que, na marca dos cinco minutos, em contra-ataque venezuelano, Córdova acionou Murillo, que surgiu entre os zagueiros, ficou cara a cara com o goleiro e abriu o placar. Só que a Argentina respondeu logo em seguida e empatou com Icardi, que completou cruzamento de Acuña. Depois, Dybala encheu o pé, mas Fariñez espalmou. Mas a reação hermana parou por aí. Com o passar do tempo, a equipe passou a se precipitar e errar passes demais, não oferecendo mais riscos aos adversários e a rede não voltou a balançar.

Comentários ()