América-MG vence, ganha fôlego na luta contra o rebaixamento e deixa Santos longe do sonho do G6
Rafael Moura América-MG Santos Brasileirão Série A 18112018
Mourão Panda/América-MG
Coelho fica a apenas um ponto de sair do Z4; Peixe se distancia da luta por vaga na Copa Libertadores

Onze rodadas depois, o jejum finalmente chegou ao fim. Neste domingo (18), o América-MG encerrou a sequência sem vitórias e bateu o Santos, no Independência, por 2 a 1, ganhando fôlego na luta contra o rebaixamento. Já o Peixe viu o sonho de disputar a Copa Libertadores em 2019 ficar mais distante.

Melhor durante a maior parte do jogo, o Coelho transformou sua superioridade em uma merecida vitória. Primeiro, Rafael Moura, com muita frieza na finalização, abriu o placar, aos 31 minutos de jogo. Já nos acréscimos do primeiro tempo, Gabigol empatou para o Santos, marcando seu 17º gol no Brasileirão e se isolando ainda mais como artilheiro da competição. O gol alvinegro, porém, foi polêmico, porque Copete fez falta em Ademir, não marcada pelo árbitro Dewson Freitas, na origem do lance.

Menos mal que, aos 20' da etapa final, o talentoso meia-atacante Matheusinho marcou um belo gol para o América-MG, decretando a vitória dos mineiros.

Com o resultado, o Coelho ganhou fôlego na luta contra a degola, subiu para o 17º lugar, ainda no Z4, mas agora apenas um ponto atrás de Ceará e Sport, primeiros times fora da zona de rebaixamento. Já o Santos fica no 9º posto da tabela, agora sete unidades atrás do Atlético-MG, primeiro time no G6, e vê o sonho de disputar a Copa Libertadores em 2019 ficar mais distante faltando apenas três rodadas para o fim do Brasileirão.

Na próxima rodada, o América-MG encara o líder Palmeiras, em São Paulo, enquanto o Santos recebe o Botafogo na Vila Belmiro. Os dois jogos serão nesta quarta-feira (21), o primeiro às 21h45 e o segundo às 21h (ambos horários de Brasília).