Notícias Placares ao vivo
Real Madrid

Zidane só quer uma coisa contra o Dortmund: ver o Real Madrid jogar bem

08:17 BRT 26/09/2017
Zinedine Zidane Real Madrid Supercopa
Em entrevista coletiva, o treinador falou sobre a dificuldade de se jogar no Signal Iduna Park, em jogos de Champions League

Zinedine Zidane sabe que o início do Real Madrid no Campeonato Espanhol não foi dos melhores, apesar do recorde de vitórias consecutivas fora de casa. Afinal de contas, os empates contra Levante, Valencia e a derrota para o Bétis fizeram com que os merengues ficassem a sete pontos do Barcelona na disputa pelo título nacional.

Só que Champions League é outra coisa. E o atual bicampeão europeu sabe disso como nenhuma outra equipe. Embora a exibição na vitória contra o APOEL não tenha sido das mais exuberantes, nesta terça-feira (26) a equipe treinada por Zidane terá mais um difícil encontro com o Borussia Dortmund. Atuando dentro do Signal Iduna Park, os Blancos não conhecem o gosto da vitória. E a chance de fazer história é o combustível para o Madrid.

“É verdade que jamais ganhamos aqui, e é um desafio para nós. Queremos fazer um grande jogo de futebol”, disse Zidane em entrevista coletiva. “Nós estamos bem. Conseguimos uma vitória no último jogo como visitante [contra o Alavés, na Espanha], estamos felizes de jogar em um lindo campo, onde se respira o futebol de Champions League”.


VEJA TAMBÉM:


Real Madrid jamais ganhou no estádio do Borussia Dortmund (Foto: Getty Images)

“Eu não estou preocupado em dar chances para os adversários. O que nos preocupa é se vamos jogar bem, mas os adversários podem te colocar em dificuldades. Acredito no que estamos fazendo, e nos jogadores que temos. Se marcarmos gols amanhã será ótimo”.

(Foto: Getty Images)

Sobre o início claudicante no Campeonato Espanhol, Zidane justificou dizendo que é devido à dificuldade do certame, classificado pelo francês como o mais complicado do mundo: “A liga espanhola é a mais complicada, a mais difícil. Para nós, a dificuldade é manter o alto nível. Podemos não estar em uma fase brilhante, mas não estou preocupado sobre como vamos jogar neste ano”.