Yerry Mina chegou como esperança e agora amarga intermináveis críticas

Comentários()
Getty Images
Colombiano ex-Palmeiras luta para conseguir minutos em campo, mas foi muito mal na derrota do Barça e o clube catalão perdeu a invencibilidade

Quando Yerry Mina saiu do Palmeiras rumo ao Barcelona, uma expectativa muito grande foi criada ao redor do colombiano. Todavia, após cerca de cinco meses no clube catalão, Mina atuou apenas cinco vezes e foi um protagonista negativo na surpreendente derrota do Barcelona para o Levante por 5 a 4, no último domingo (13).

Mina está tendo problemas para se adaptar ao futebol espanhol, e a imprensa local criticou muito o jogador, principalmente após a partida que custou a perda da invencibilidade para o Barça. Seria a oportunidade de o clube catalão atingir uma marca inédita em La Liga desde que ela passou a ser disputada com 20 times.

Na derrota para o Levante, Mina mostrou os mesmos defeitos que mostrava na época do Palmeiras. E é justo dizer que quase todos eles se resumem ao posicionamento.

Sergio Busquets Yerry Mina FC Barcelona(Foto: Getty Images)

O zagueiro teve um ótimo percentual de acerto nos passes (95%) e fez desarmes, interceptações e ganhou nove dos 11 duelos corporais que disputou. Todavia, os cinco gols sofridos mostram Mina perdido quando precisa jogar de forma mais posicional.

Diante dessa situação, é pouco provável que o Barça mantenha-o no plantel para a próxima temporada. Como uma venda não parece ser a melhor opção, é bem possível que o clube catalão empreste Mina para outra equipe para ganhar mais experiência no futebol europeu.

A imprensa espanhola e catalã fez questão de detonar Mina, colocando-o como principal vilão da inesperada tragédia. Todavia, pouco se falou da atuação de Thomas Vermaelen, que teve uma atuação tão fraca quanto a do ex-Palmeiras. O belga, entretanto, saiu lesionado aos 30 minutos, quando o time já perdia por 2 a 0.

Uma volta ao Brasil ou à América do Sul não parece o melhor caminho para o jovem jogador que quer se firmar no futebol europeu. Além de tudo, ficaria marcado como um fracasso. Mina precisa de tempo para se adaptar à velocidade e ao jogo com maior demanda física da Europa, por isso, a melhor opção seria encontrar algum outro clube e jogar por lá para ganhar tempo, ritmo e experiência no Velho Continente.

Próximo artigo:
Love, Arana, Luan, Romero, Ramires... Duílio comenta negociações do Corinthians
Próximo artigo:
RB Brasil 1 x 1 Palmeiras: Borja abre o placar, mas Verdão cede empate ao RB Brasil em estreia de 2019
Próximo artigo:
Rhodolfo celebra gol, vitória e volta por cima no Flamengo: “Nunca deixei de trabalhar”
Próximo artigo:
Luan diz que balançou com proposta do Corinthians para deixar o Galo e deixa futuro em aberto
Próximo artigo:
Barcelona 3 x 1 Leganés: Messi sai do banco para garantir vitória do Barça no Camp Nou
Fechar