Vizeu coloca o Fla na final da Sul-Americana e dobra número de gols de Guerrero em jogos internacionais

Comentários()
Atacante de 20 anos assumiu protagonismo no Rubro-Negro nesta reta final de temporada

Com a vantagem do empate, o Flamengo entrou cauteloso contra o Junior Barranquilla, sofreu um pouco no primeiro tempo, mas viu Felipe Vizeu, novamente, decidir a partida na segunda etapa. O garoto de 20 anos arrancou em velocidade e chutou com perfeição na saída do goleiro para carimbar a classificação do time Rubro-Negro.

Essa não é a primeira vez que Vizeu decide um jogo, desde que assumiu a titularidade na vaga de Paolo Guerrero, que está suspenso por conta de doping, o jovem atacante tem se mostrado crucial na equipe e já dobrou o número de gols do camisa nove em jogos internacionais nesta temporada. Vizeu soma cinco tentos, todos decisivos, em seis jogos, enquanto isso, Guerrero soma apenas 2, em 8 partidas com a camisa Rubro-Negra. 

Felipe Vizeu Flamengo x Barranquilla
(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Vale lembrar que no primeiro semestre, Vizeu enfretou muitos problemas, temas internos, lesões e chegou a ser preteido até por Leandro Damião que virou o reserva de Guerrero, com isso, o jovem atacante sequer fez uma partida na Copa Libertadores da América. Nesta reta final de temporada ele voltou a ganhar oportunidade e não decepionou.

Outro jogador da base que se destacou foi o goleiro César, com uma grande defesa no primeiro tempo, e um pênalti na segunda etapa, ele mostrou que foi a escolha certa de Reinaldo Rueda e recuperou a confiançca do elenco que ficarã sem Diego Alves até ano que vem.

Diego Ribas Junior Barranquilla Flamengo Copa Sudamericana 30112017
(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Além deles, Lucas Paquetá também fez grande jogo contra o Barranquilla, no primeiro tempo ele foi disparado o melhor jogador Rubro-Negro em campo, no ataque, voltando na defesa, deu um bom passe para o camisa 48 que parou nas mãos do goleiro Vieri.                             

Enquanto isso, Diego e Everton Ribeiro, principais nomes do time em campo, decepcionaram, erraram praticamente tudo e foram pouco produtivos durante todo o jogo. Pelo menos nesta Sul-Americana, o Flamengo tem mostrado que o caminho é a base.

Próximo artigo:
River Plate perde invencibilidade de 32 jogos às vésperas de encarar o Grêmio
Próximo artigo:
Sócios rejeitam, e Barcelona decide descartar ideia de novo escudo
Próximo artigo:
Ninguém entendeu a ida de Fernando Torres para o Chelsea, lembra ex-Liverpool
Próximo artigo:
Lopetegui diz que demissão do Real Madrid é a “última coisa” em seu pensamento
Próximo artigo:
Justiça de SP diz que email que salvaria Inter da queda era verdadeiro
Fechar