Vitória do Liverpool na Champions “não teve lógica”, afirma treinador do PSG

Comentários()
Getty Images
Thomas Tuchel elogiou a exibição de sua equipe, mas não consegue encontrar razões para explicar o resultado final

A derrota por 3 a 2 para o Liverpool, em sua estreia nesta temporada da Champions League, doeu para jogadores e treinador do Paris Saint-Germain.

Em partida disputada dentro do mítico estádio de Anfield Road, na Inglaterra, os donos da casa abriram vantagem de 2 a 0, mas sofreram o empate. Os parisienses conseguiram levar perigo nos minutos finais, mas sofreram um gol de Roberto Firmino e voltam para casa com a derrota.

Logo após o jogo, o zagueiro e capitão Thiago Silva lamentou o resultado, embora tenha elogiado a postura da equipe: “Nós mostramos a nossa personalidade para empatar. Estou feliz com o time e pela nossa performance, mas em jogos deste nível tem que estar atento em cada momento. Nós tentamos jogar na frente, mas não tivemos muitas chances para encontrar Neymar, Mbappé e Cavani. Foi um jogo equilibrado, não estamos acostumados a tomar gols como levamos hoje”, afirmou para a L’Equipe.

Thiago Silva Liverpool PSG Champions League 18 09 2018(Foto: Getty Images)

Técnico do conjunto francês, o alemão Thomas Tuchel concordou com o brasileiro em sua entrevista coletiva. No entanto, usou um tom ainda mais extremo ao comentar o jogo e disse que a vitória dos ingleses foi algo sem lógica.

“Tivemos uma oportunidade com Julian Draxler (antes do terceiro gol do Liverpool) e fizemos um ótimo primeiro tempo. Não havia lógica o Liverpool ter feito dois gols. Depois, não descansamos e jogamos com coragem. No segundo tempo nós perdemos algumas bolas muito fáceis. O Anfield é assim.  Não perdemos confiança ou organização defensiva no segundo tempo. É difícil, pelo final, mas essa derrota não tem lógica”.

Fechar