Notícias Placares ao vivo
Flamengo

Vinicius Júnior e Paquetá podem ultrapassar números de Renato Augusto no Flamengo

10:00 BRST 13/02/2018
Lucas Paquetá Vinicius Junior Flamengo Atlético-GO Brasileirão 20 08 2017
Meio-campo da Seleção Brasileira havia sido a maior venda da história do clube até a negociação de Vinicius com o Real Madrid

A dupla Vinicius Júnior e Lucas Paquetá vem enchendo o torcedor de alegria, além das boas atuações, os meninos mostram personalidade e o tal sangue Rubro-Negro, tanto exigido pelo torcedor. Há vários indícios que mostram que os dois podem vir a ser grandes jogadores, um deles é o fato de estarem chegando bem próximo da marca de Renato Augusto, última grande revelação do clube. 

O meio-campo da Seleção Brasileira foi revelado pelo Flamengo e desde seu primeiro jogo, na final da Copa do Brasil de 2006 contra o Vasco, mostrou além de personalidade, muito talento. Ele não sentiu a pressão e foi um dos destaques da partida. 


(Foto: Getty Images)

Depois disso, Renato foi evoluindo cada vez mais até ser vendido para o Bayer Leverkusen em 2008. Até a venda de Vinicius Júnior, ele havia sido o jogador mais caro negociado pelo Flamengo. 

No Flamengo, Renato Augusto chegou a 9 gols e 5 assistências em 92 jogos. O jogador era escalado tanto no meio-campo como no ataque em várias oportunidades. Vinicius Júnior, que nem ao menos alcançou a titularidade ainda, já soma 6 gols e duas assistências em 42 jogos. 


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Já o meia Lucas Paquetá, que tem características bem parecidas com a de Renato Augusto, soma 6 gols e duas assistências em 43 jogos. Com a titularidade em 2018, ele pode bater a marca de Renato Augusto mais rápido do que se imagina. 

Entre os gols, podemos destacar dois muito importantes, Paquetá balançou as redes na final da Copa do Brasil, no Maracanã, e na final da Copa Sul-Americana, também no Maracanã, partidas com peso completamente diferentes das demais.


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Vinicius também mostrou poder de decisão em jogos importantes, ele balançou as redes contra o Fluminense nas quartas de final da Sul-Americana, em jogo que estava bastante complicado para o Flamengo e na semifinal da Taça Guanabara, diante do Botafogo, no último sábado.