Vidal decide pela Inter de Milão, mas causa polêmica ao beijar escudo da rival Juventus

Chileno marcou o primeiro gol da Inter no clássico contra a Juve, mas chamou a atenção por demonstração de carinho ao ex-clube

Vidal foi destaque na vitória da Inter de Milão sobre a Juventus no último domingo (17), marcando o primeiro gol da partida. Mais do que abrir o placar para os donos da casa, o chileno também foi assunto por um momento curioso antes da bola rolar.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Ex-jogador da Juventus, Vidal aproveitou o duelo para reencontrar seus ex-colegas de equipe, e chamou a atenção ao beijar o escudo de Juve, da camisa de Giorgio Chiellini.

Mais artigos abaixo

A cena inusitada despertou a fúria dos torcedores da Internazionale, que demonstraram insatisfação com o gesto de carinho de Vidal com um dos principais rivais do time da capital italiana. Em suas redes sociais, o chileno tratou de minimizar o acontecimento, afirmando que o beijo foi no ex-colega de equipe.

"Minha intenção nunca foi beijar o brasão de outro time. O beijo foi uma demonstração de carinho para um irmão que me deu o futebol, com quem vivi anos maravilhosos juntos e nos amamos", disse o volante de 33 anos, que chegou à Inter em 2020, vindo do Barcelona.

Mesmo após o episódio, Vidal não precisou de mais de 12 minutos para abrir o placar para a Inter de Milão, ao subir mais alto do que o brasileiro Danilo e testar com força para as redes da Juve. Com a vitória, os Nerazzurri seguem a perseguição ao Milan, atual líder do Campeonato Italiano.

Fechar