Vardy destroça o Manchester City e explica obsessão de Guardiola por novo zagueiro

Comentários()
Atacante do Leicester expõe fragilidade da equipe de Pep após hat-trick e goleada na Premier League

Não é de hoje que Pep Guardiola deseja a contratação de um zagueiro para o Manchester City . Mas neste domingo (27), a insistência do treinador por um novo jogador na posição foi muito bem explicada.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Goleado pelo Leicester City por 5 a 2 no Etihad Stadium, os Citizens foram massacrados por Jamie Vardy, que marcou um hat-trick, confirmado ser um dos piores pesadelos do técnico catalão.

Em 686 jogos oficiais como treinador, Guardiola sofreu apenas três hat-tricks de jogadores rivais: Lionel Messi, em 19 de outubro de 2016, além de Vardy em duas oportunidades - dezembro de 2016, e a deste domingo (27).

“Sabíamos que não teríamos muita bola, por isso decidimos irritá-los um pouco, tentando manter os jogadores como Rodri longe da bola. Depois, quando ganhamos a bola, buscamos chegar na linha defensiva, e hoje funcionou de forma absoluta. Não estávamos preocupados com a derrota por 1 a 0 porque sabíamos que se mantivéssemos nosso plano, nós mesmos criaríamos chances", analisou Vardy após o apito final.

A busca por um zagueiro desde a saída de Kompany

Em maio de 2019, o Manchester City anunciou a saída de capitão Vincent Kompany depois de 11 anos. O símbolo da equipe disputou 360 partidas com a camisa do clube, marcando 20 gols, além de 12 títulos conquistados.

Na ocasião, Khaldoon Al Mubarak, dono do City, definiu Kompany como a "essência do clube. Por uma década, ele tem sido a alma, o coração pulsante de um elenco extremamente talentoso".

Mais artigos abaixo

E, embora o clube não esconda que está atrás de um zagueiro, ninguém ainda foi capaz de suceder o eterno capitão. Nos últimos anos o City tentou Van Dijk, mas o holandês acabou indo para o Liverpool; depois esteve perto de Harry Maguire, mas o City não foi com tudo na proposta financeira e o inglês, para a ira de Guardiola, foi para o United. Nathan Ake foi contratado para a atual campanha, mas chegou com status de opção de elenco e não para ser uma liderança defensiva.

Guardiola segue em busca de um defensor para organizar melhor o setor. O sonho é Koulibaly, do Napoli, que também está na mira de quase todos os gigantes europeus, mas a realidade por hora é Ruben Dias - que estava no Benfica e está perto de ser anunciado oficialmente.

Fechar