Valverde e a concorrência do Barcelona: "La Liga está mais aberta que nunca"

Comentários()
Getty Images
Técnico blaugrana analisa duelo direto contra o Atlético de Madrid e também fala sobre Coutinho e Arthur

Não só a Espanha, mas o mundo do futebol vai parar neste sábado (24) para acompanhar o jogaço entre Barcelona e Atlético de Madrid, por La Liga, no Wanda Metropolitano, às 17h45 (de Brasília). Apenas um ponto separam o Barça, primeiro colocado, do Atleti, terceiro.

O segundo lugar é ocupado pelo Sevilla, o quarto pelo Alavés e o quinto pelo Espanyol. O Real Madrid é apenas o sexto, e, por tudo isso, o técnico azul-grená, Ernesto Valverde, acredita que o Barcelona tem muita concorrência pelo título nesta temporada e La Liga está mais aberta do que nunca.

"Estamos tendo mais problemas em partidas que as pessoas esperam que, na teoria, sejam mais fáceis, e, curiosamente, fomos muito bem em jogos contra times importantes e em duelos mais difíceis. O Atlético é candidato ao título, também na Champions League, e tentaremos mostrar uma das nossas melhores versões, precisaremos disso, inclusive. A Liga deste ano está mais aberta do que nunca", disse o treinador, em entrevista coletiva nesta sexta-feira (23).

Valverde também analisou os Rojiblancos e falou se Coutinho, que estava lesionado, e Arthur, que defendeu a Seleção na data Fifa, irão atuar no clássico.

"O Atlético sabe começar muito forte, tanto no primeiro tempo quanto no segundo, e possivelmente fará uma pressão mais alta na marcação. Seremos precavidos. Eles têm jogadores que atacam bem os espaços e também são bons nas bolas paradas", elogiou.

Arthur Barcelona Valencia Ligue 1 07102018(Foto: Manuel Queimadelos Alonso)

"Precisamos esperar o treinamento (para saber se Coutinho joga). Ele completou alguns treinos esta semana, não todos. É preciso ver como ele está, mas não vamos correr muitos riscos por causa do calendário que temos. Arthur jogou com o Brasil e veremos como está a situação (física) dele para decidir se ele será ou não titular", disse.

O treinador dos Blaugranas ainda falou sobre os polêmicos Dembélé e Vidal. O chileno vive a expectativa de ser titular na vaga do suspenso Rakitic. "Dembélé é mais um jogador do elenco. Tentamos ajudá-lo para que ele mostre seu melhor futebol e coloque seu talento em campo. Se fala muito, excessivamente, porque teve tempo livre, mas ele é um jogador com algo que é difícil de encontrar: um talento inato tanto técnico quanto físico", exaltou.

"É uma possibilidade que Vidal entre no lugar de Rakitic. Ele está comprometido com o time é uma possibilidade que ele jogue amanhã, como também existem outras", afirmou.

Fechar