Uruguai mostra força defensiva e Cavani resolve jogo em 70 minutos

Comentários()
Julian Finney/Getty Images
Atacante se desdobra em campo para defender e atacar e se torna o símbolo da equipe uruguaia na partida em Sochi

banner Copa 2018

A vitória sobre Portugal em Sochi, na Rússia, foi muito comemorada por todos os jogadores da Celeste após o jogo. Após exaustivos 90 minutos, o Uruguai garantiu a sua vaga nas quartas de final da Copa da Rússia com uma grande atuação tática, além da estrela de Cavani brilhando no ataque e na defesa.

Contra o perigoso campeão europeu, que gosta de rodar a bola e tem o melhor jogador do mundo na equipe, Tabárez apostou em um time repleto de volantes, jogando compacto na defesa, buscando as saídas em contra-ataque em velocidade e as bolas longas para seus atacantes.

Aplicados taticamente, os uruguaios não demoraram a mostrar resultado, com a dupla Cavani e Suárez fazendo uma bela jogada logo aos 10 minutos para abrir o placar. Destaque para a roubada de bola do centroavante do PSG que iniciou a jogada na sua intermediária e a finalizou completando o cruzamento de Suárez dentro da pequena área portuguesa. Não havia início melhor do que esse para a Celeste.

Sem dar espaço algum ao rival, Portugal teve poucas chances na primeira etapa. Com apenas Suárez solto mais a frente para puxar as saídas rápidas, o Uruguai formou um verdadeiro paredão na defesa. Cristiano Ronaldo até tentou, mas sempre encontrava um uruguaio em sua frente para atrapalhar a jogada.

Ricardo Pereira Portugal vs Uruguay World Cup 2018Foto: Getty

Com placar favorável, a Celeste voltou mais recuada, sem conseguir manter a bola longe da sua área. O castigo veio aos 9 minutos, quando a zaga Celeste falhou pela primeira vez na marcação e deixou Pepe livre no meio da área para escorar o escanteio para o fundo da rede. 

O Uruguai não acusou o golpe e voltou para o jogo, com Cavani mais uma vez sendo decisivo no ataque. Muslera quebrou a bola para Bentancur no campo ofensivo, pegando o rival desarrumado na defesa. O volante virou o jogo na esquerda para o atacante do PSG que com muita categoria bateu de primeira com efeito, sem dar chances para Rui Patrício. Um golaço com cara de Uruguai.

A Celeste estava voltava a ficar na frente e não poderia bobear novamente na marcação. Gigante no ataque, Cavani estava em grande dia na defesa também, voltando para fechar a segunda linha de marcação a todo o momento, se tornando o perfeito modelo da raça uruguaia dentro de campo. Mas a entrega acabou tirando o camisa 21 mais cedo de campo. Exausto, o atacante sentiu a panturrilha aos 25 minutos e precisou abandonar o gramado, sendo ajudado por Cristiano Ronaldo até a sua saída e pela linha de fundo, uma imagem que ficará marcada na Copa da Rússia.

Cavani Cristiano Ronaldo Uruguay Portugal WM 2018 30062018Foto: Getty

Do lado de fora, Cavani assistiu sentado os nervosos minutos finais da partida. Portugal veio para o tudo ou nada e o Uruguai pareceu ter aprendido com o erro do início do segundo tempo. Sem recuar e dar a bola para o adversário, manteve a marcação compacta na defesa e deu trabalho aos portugueses nas saídas em velocidade com Suárez e Rodríguez.

Enquanto os demais companheiros acompanhavam os minutos finais em pé na área técnica, aguardando o apito final, Cavani permaneceu sentado, aflito. A dor e a exaustão tiraram as forças do destaque do Uruguai que no fim respirou aliviado com o apito final e a classificação para as quartas de final.

Fechar