Notícias Placares ao vivo
Gabriel Barbosa

Treinador do Benfica elogia faro de gol de Gabigol e avisa: 'Fez bem de voltar ao Brasil'

18:10 BRST 16/02/2018
Gabigol Santos São Caetano Campeonato Paulista 14022018
Rui Vitória explica que insucesso do jovem atacante na Europa foi gerado pela fusão de vários 'contextos menos adequados'

Gabigol precisou de apenas dois jogos no Santos para igualar os mesmos dois gols marcados somando as últimas temporadas, por Inter de Milão e Benfica. Rui Vitória, treinador do time português, elencou diversos "contextos menos adequados", entre eles o social, como razões para o insucesso na Europa do jovem atacante, que, por outro lado, mostrou ter "relativa facilidade" para superar os goleiros. 

"A qualidade do Gabriel [Barbosa] é inegável, tem qualidade para fazer gols. Quando aparece na cara do gol... Olha, com relativa facilidade, faz os gols. Agora, há contextos e momentos na vida de um jogador, e há também contextos nos clubes, que podem nem ser os mais adequados. Há também contextos sociais. Talvez, em outro momento, aqui ou na Inter de Milão, poderia ter tido outro rendimento. É preciso levar em conta o momento da equipe, o momento do jogador, a idade do próprio jogador...", explicou.

"Talvez, no Brasil, esteja num contexto mais favorável. Sou muito claro em alguns aspectos: há jogadores que precisam estar em outros contextos, com outro treinador, com outra estrutura de clube, com outros torcedores, em outro país... Ali poderão viver outro ambiente, e vejo isso com muita naturalidade. Fui um dos primeiros a falar que ele fez bem em voltar para o Brasil. O jogador está num clube onde já foi feliz e está outra vez em busca da felicidade, e talvez encontre mesmo a felicidade. O caso dele não é único, já aconteceu com outros jogadores. É perfeitamente normal de acontecer. Estou convencido que, se vier outra vez para o futebol europeu, ele poderá chegar melhor preparado", completou.

Em Portugal, o camisa 10 do Peixe fez apenas cinco partidas e marcou um gol. Já na Itália, até recebeu mais oportunidades, mas também não correspondeu como o esperado: uma rede balançada em 10 confrontos.

Aos 21 anos, o atacante está emprestado ao clube da Vila Belmiro até o fim do ano. Tem contrato com os italianos até junho de 2021.

*Direto de Lisboa