Torcedores invadem Estádio Nilton Santos e cancelam treino do Botafogo

Comentários()
Vitor Silva/SSPress/Botafogo / Divulgação
Grupos ameaçaram jogadores e invadiram dependências do clube carioca, que foi obrigado a chamar apoio da Polícia Militar

O que era para ser um simples treino de final de semana, véspera de mais um duelo pelo Brasileirão, acabou se tornando uma grande dor de cabeça para os jogadores e membros da comissão técnica do Botafogo. Integrantes de torcidas organizadas decidiram arrombar e invadir as dependências do estádio Nilton Santos para protestar contra a queda de rendimento da equipe na reta final da temporada. 

O grupo se reuniu na entrada de automóveis por volta das 10h30 e chegou a fazer ameaças a alguns atletas que estavam chegando para as atividades. Não conformados, eles forçaram os portões e invadiram as dependências do estádio, chegando até a área do gramado, onde alguns atletas se preparavam para iniciar o treinamento. 

Apesar de não ter havido contato dos atletas com o grupo, diante da situação inusitada, a comissão técnica achou por bem suspender o treino. Sendo assim, a delegação se preparou para embarcar para a capital paulista, onde enfrenta no domingo (19) o São Paulo, às 17h (hora de Brasília). 

A direção do clube comunicou o fato para a Polícia Militar, que enviou viaturas para o local, assim como a Guarda Municipal. Quem manteve contato com os invasores foi o Vice-Presidente de estádios, Anderson Simões, que a todo instante buscou acalmar os ânimos dos torcedores que tentaram, sem sucesso, ter contato com os jogadores.

Este é o segundo dia consecutivo que membros das organizadas realizam protestos contra o momento vivido pela equipe alvinegra, que ocupa a sexta colocação do Brasileirão, com 51 pontos.

Fechar