“Todos perderam”: Pai de Neymar fala sobre lesão no PSG e até briga com Eric Cantona

Comentários()
Getty Images
O empresário concedeu longa entrevista para a televisão francesa e não fugiu das perguntas

Além de ter garantido que Neymar não quer sair do PSG, embora tenha reconhecido que seja comum ver o filho envolvido constantemente em rumores de transferência, Neymar Santos, pai/empresário do meia-atacante abriu o jogo sobre episódios recentes na vida do camisa 10 em sua entrevista à RMC Sport.

O pai de Neymar revelou a felicidade do filho com a proximidade de voltar a jogar, após mais uma lesão no osso do quinto metatarso do pé direito, projetou este regresso para a final da Copa da França e abordou a briga que teve com o Eric Cantona, ex-jogador francês, após a eliminação do PSG para o Manchester United nas oitavas de final da Champions League e disse que jamais viu o jogador brasileiro tão cabisbaixo. Confira abaixo!

Recuperação

“Ele está muito feliz hoje por saber que está bem perto de voltar aos campos, que é onde ele fica mais feliz. Quando ele está no gramado, o seu humor fica muito positivo. O objetivo é buscar espaço para esta final da Copa da França e conquistar um novo título pelo PSG, é o que mais importa para ele, levantar troféus, conquistar objetivos, esta alegria que vem acompanhada das vitórias”, disse.

“Todos perderam com a lesão de Neymar”

“Neymar estava em um dos melhores momentos de sua carreira”, disse o pai do jogador, lembrando a boa campanha feita pelo clube na fase de grupo da Champions League, em duelos complicados contra Liverpool, Napoli e Estrela Vermelha. “Ele estava mais quieto dentro de campo, podia organizar o jogo. O PSG teve um jogo bem tranquilo e todos perderam com a lesão do Neymar. Não foi apenas ele e o PSG, mas todos os torcedores que admiram o seu futebol”.

Eliminação para o Manchester United

“Acho que foi uma das vezes que eu vi ele mais triste, não apenas por causa da eliminação, mas porque ele não conseguiu ajudar o seu clube. O PSG iria se classificar e, assim, o Neymar conseguiria jogar na Champions League. Foi um momento muito triste para todos nós, todos os torcedores, clube e especialmente o Neymar, porque ele não pôde estar em campo”.

Briga com Eric Cantona, ex-jogador do Manchester United

“Eles estavam próximos um do outro. Nós sabemos que o Eric Cantona gosta de criticar o Neymar, e naquele momento cada um defende a sua cor. Ali o Neymar estava como torcedor, ele (Cantona) tinha o direito de dizer o que queria e de poder viver inteiramente o momento. Não queríamos ser xingados em nosso próprio estádio, teve essa revolta por causa desta situação, mas agora está no passado”.

Fechar