Thiago Silva capitão, Fagner titular: modificado, Brasil de Tite vai precisar de paciência contra a Costa Rica

Comentários()
André Mourão / MoWA Press
Lateral do Corinthians entra na vaga de Danilo, que lesionado, está fora da partida; Costarriquenhos farão de tudo para segurar pelo menos um empate

banner Copa 2018

Depois do empate diante da Suíça na estreia da Copa do Mundo, chegou a chora da Seleção Brasileira reencontrar o bom futebol que apresentou durante os últimos dois anos e espantar de vez qualquer chance de zebra. 

Nesta sexta-feira(22), os comandados de Tite encaram a Costa Rica, pela segunda rodada da grupo E, da Copa do Mundo da Rússia. Confiando na equipe, o comandante decidiu manter a formação mas teve que fazer uma mudança de última hora, lesionado, Danilo dá lugar a Fagner. 

O lateral do City não foi bem na estreia, ficou muito preso atrás e praticamente não apareceu no setor ofensivo para apoiar e tabelar com Willian. Fagner vai precisar fazer um pouco mais que o companheiro para que o Brasil tenha um equilíbrio melhor em campo. O lado positivo é que o jogador conhece Tite de longa data e entende perfeitamente o que o treinador gosta e passa a seus jogadores. 

LATERAL-DIREITO - Fagner (Corinthians)
(Foto: Mauro Horita / MoWa Press / Divulgação)

Thiago Silva vai ter uma grande responsabilidade pela frente, ele vai usar a faixa de capitão, o que tem o peso ainda maior depois da estreia, onde os jogadores se mostraram um pouco perdidos em relação a lideranças no grupo. 

Neymar vai precisar superar as críticas que recebeu na primeira partida e fazer um jogo mais coletivo, soltar a bola mais rápido e jogar mais para a equipe. Não há dúvidas que o camisa 10 é o craque da equipe, mas precisa recurar o espírito de "trabalho em grupo" que mostrou nas Eliminatórias. 

De olho nos contra-ataques, a Costa Rica não escondeu que vai se defender mais, até porque uma derrota elimina a equipe da competição e um empate deixa o time vivo para a última rodada. Por isso, paciência vai ser uma palavra necessária para o time de Tite. 

Costa Rica Serbia World Cup 2018
(Foto: Getty Images)

Uma boa vitória diante dos costarriquenhos pode trazer de volta a confiança à Seleção Brasileira que ainda tem a Sérvia pela frente na última rodada. A ideia da comissão técnica sempre foi crescer durante o torneio, mas um jogo tão ruim contra a Suíça não estava previsto.

Como uma nova chance para "começar" a Copa, a Seleção encara a Costa Rica nesta sexta-feira(22), às 9h(de Brasília), na Arena São Petersburgo. A partida é válida pela segunda rodada do grupo E, às 15(de Brasília), é a vez de Suíça e Sérvia duelarem. 

Fechar