Solari quer Sergio Ramos protegido pela imprensa e avalia Real Madrid sem Casemiro

Comentários()
Getty
O treinador merengue já esqueceu a derrota para o Eibar e joga foco absoluto para o duelo contra a Roma, pela Champions League

Técnico do Real Madrid, Santiago Solari avaliou o jogo desta terça-feira (27) contra a Roma, pela quinta rodada da Champions League, e não escapou de algumas polêmicas ao falar sobre a derrota por 3 a 0 para o Eibar, no último final de semana. O argentino também falou sobre a falta que o lesionado Casemiro faz ao time e defendeu o zagueiro Sergio Ramos das acusações de doping feitas pelo Football Leaks.

“Teremos que estar à altura da nossa história nesta competição. É fácil, mas também é difícil”, afirmou.

Derrota para o Eibar, na última rodada da liga espanhola: “Foi um golpe duro, mas já passou. Analisamos e conversamos. Precisamos melhorar, é claro, mas assim como as coisas passam quando ganhamos, isso também já passou. Estamos em Roma, é outra competição e temos que colocar nossa força aqui”.

Primeira grande prova de fogo: “Aqui tudo é prova de fogo. Cada jogo e quase cada treinamento. Em seus 116 anos o Madrid teve que passar por muitas provas de fogo e sempre se recupera. Por isso é o maior time da história, e amanhã precisaremos demonstrar isso”.

Casemiro Real Madrid 2018-19Casemiro deve retornar apenas antes do Mundial de Clubes (Foto: Getty Images)

Ausência de Casemiro: “Cada jogo é diferente. Existem jogadores distintos que podem cumprir com diferentes características. Inclusive alguns dos zagueiros. Ceballos foi muito bem, com certeza melhor contra o Celta do que contra o Eibar, mas é que foram jogos diferentes. Temos também o Valverde, Kroos, Llorente, que é com certeza o mais similar. Existe uma série de soluções. Assim como acontece com todos os jogadores lesionados, queremos Casemiro o mais cedo possível, mas temos que solucionar isso com as ferramentas à nossa disposição”.

Como está Sergio Ramos, após as acusações de doping: “Ele é um homem honesto. É um símbolo para o Real Madrid e para o futebol, até para o esporte espanhol. É dever de todos, e também dos jornalistas, protegê-lo. A razão da existência para o jornalista é buscar a verdade, depois vêm as posturas e opiniões. Mas a verdade não é opinativa, ainda mais quando a honra de uma pessoa fica manchada”.

O Real Madrid de Solari é o das quatro vitórias ou o da derrota para o Eibar? “No futebol, a verdade sempre é para amanhã. Sempre ficamos dependentes da última partida, mas agora já temos outro. A realidade está em nosso alcance e temos, nós, que fazer isso”.

Fechar