Notícias Placares ao vivo
Cruzeiro v Univ de Chile

Só "sarrada" diferente: Sassá quebra jejum de sete meses e se destaca em goleada celeste

22:36 BRT 26/04/2018
Sassá Cruzeiro Universidad Chile Libertadores 26 04 2018
Atacante não balançava as redes desde a semifinal da Primeira Liga, em setembro de 2017

Mais uma vez ficou comprovado que o Cruzeiro rende melhor com Thiago Neves no meio-campo e um homem de referência no ataque. No caso, Sassá.

O meia-atacante, como ele mesmo já afirmou, rende no seu melhor nível atuando na posição onde ele se sente mais confortável, e com seu principal e mais decisivo jogador em ótimo nível, tudo fica mais fácil.

E também fica ainda mais fácil com um centroavante definidor marcando gols.

Foi o caso de Sassá nesta noite. O atacante marcou duas vezes na espetacular goleada celeste por 7 a 0 sobre a Universidad de Chile, no Mineirão, pela Libertadores. Thiago Neves também balançou as redes duas vezes. Arrascaeta, Rafinha e Rafael Sóbis completaram o placar.

(Foto: Douglas Magno/Getty Images)

E os dois gols de Sassá foram especiais porque encerraram um incômodo jejum do centroavante. Ele não marcava desde a semifinal da Primeira Liga, contra o Londrina, em setembro de 2017. De lá pra cá, ele ficou oito jogos sem marcar.

O atacante sofreu uma lesão na cartilagem do joelho direito, em 10 de setembro do ano passado, contra a Chapecoense. Ele passou por uma artroscopia em outubro e só voltou a atuar em 11 de março deste ano, no empate com o Patrocinense, pelo Campeonato Mineiro.

Desde então, ele não marcou gols até esta noite, quando enfim encerrou sua seca.

Com o massacre sobre La U, o Cruzeiro empatou em pontos com os chilenos, mas ocupa o segundo lugar por levar vantagem nos critérios de desempate. A Raposa, agora, depende apenas das próprias forças para avançar ao mata-mata da Libertadores. Se vencer seus próximos dois duelos, contra o Vasco, no Rio de Janeiro, e o Racing, em Belo Horizonte, estará nas oitavas de final.