Simeone e Oblak lamentam eliminação precoce do Atlético, mas acreditam em títulos na temporada

Comentários()
Getty Images
Treinador acredita que este não será o fim de um ciclo e o goleiro confirma que eliminação dói em todos do elenco

O Atlético de Madrid foi eliminado da Champions League após anos conseguindo avançar para a fase eliminatória da competição. Após o empate contra o Chelsea, Oblak falou nos microfones da Mega para analisar a partida e a eliminação de sua equipe na competição.

O goleiro foi um dos destaques da partida e falou sobre o resultado que coloca o Atléti na Europa League. 

"Isso machuca a todos nós aqui e a todos os torcedores. A todas as pessoas que gostam do Atleti. Em alguns jogos não estivemos como devemos ser e, em outros, não tivemos sorte. Temo que olhar para frente". 
 
"É um golpe muito duro, mas todos nós temos que nos levantar e continuar trabalhando. Nos dói muito sair da Champions porque era nosso grande objetivo. Chegamos  longe, mas agora nós caímos na fase de grupos. Não podemos estar felizes. Não era nosso objetivo, mas claro, na La Liga e na Copa do Rei, vamos lutar até o fim para vencer" acrescentou o goleiro sérvio. 

Jan Oblak Atletico Madrid
Foto: Getty

O brasileiro Felipe Luís também conversou com a imprensa e afirmou que o time vem crescendo e pode brigar por outras competições. 

"A equipe está muito bem agora, há uma perfeita comunhão com o treinador ... se continuarmos assim, continuaremos a crescer no resto das competições". 

Simeone lamentou a eliminação e seguiu o discurso feito por seus jogadores após o jogo.  

"Dói como consequência de que o futebol é maravilhoso. Ficamos fora quando ganhamos mais pontos sobre o primeiro do que o último. Não procuramos desculpas e assumimos a responsabilidade. O jogo contra o Qarabag, com 10 chances de gol sem conversão é difícil de explicar. O sentimento, além deste cenário negativo, é que a equipe está e vai competir pela La Liga, Copa do Rei e Liga Europa".

Diego Simeone Atletico Madrid Roma
Foto: Getty

Sobre o fracasso nessa edição da Champions o treinador argentino resolveu analisar de uma maneira diferente e afirmou que era uma situação que poderia acontecer. 

"Era uma situação que poderia acontecer. A falha é quando você não alcança uma coisa que você acha que pode cumprir. As pessoas estão lá e a equipe lhes devolve o amor próprio, há uma temporada muito grande à frente. Estamos bem, ainda que seja difícil de explicar quando estamos fora da Champions". 
 
Sobre o fim do seu ciclo no clube Simeone também garantiu que este não é o momento para abandonar o barco. 

 "Não, pelo contrário, isso abre um novo desafio e uma nova esperança para continuar lutando. Tudo o que é ruim, para nós, torna-se bom".

Próximo artigo:
Lesionado em seu melhor momento, Dembelé 'obriga' reação de Coutinho no Barcelona
Próximo artigo:
Futebol na TV: confira a programação de terça-feira, 22 de janeiro
Próximo artigo:
O valor de Lionel Messi: quanto ganha e qual o patrimônio do argentino
Próximo artigo:
Real Madrid: o histórico contra todos os adversários em La Liga
Próximo artigo:
Quais times se classificaram para as oitavas da Champions League 2018/19?
Fechar