Sem pressa, Léo Silva ainda não discute renovação com o Galo: "vai acontecer"

Comentários()
Bruno Cantini/Atlético-MG
Zagueiro do Atlético-MG tem contrato até dezembro de 2017. Mas a sua permanência na Cidade do Galo ainda é uma incógnita

Leonardo Silva ainda não tem a situação definida em relação à permanência no Atlético-MG. Com contrato até dezembro de 2017, o zagueiro aguarda a eleição no clube para definir qual será o seu destino a partir de janeiro.

Sérgio Sette Câmara, candidato apoiado por Alexandre Kalil, deve ser aclamado mandatário do clube até o fim do ano. A manutenção do capitão depende de uma conversa do dirigente com o defensor.

"Isso vai ser resolvido. O Atlético passa por um processo de mudança de presidência. No momento oportuno isso vai acontecer. Todos sabem o meu desejo. O presidente também. O novo presidente também, vamos sentar e conversar. Meu pensamento é tentar fazer com que o Atlético se classifique para a Libertadores, para que a gente consiga terminar o ano bem e com esse planejamento para o ano que vem", afirmou.

Leonardo Silva evita, inclusive, fazer planos para 2018. O veterano jogador de 38 anos fala sobre a temporada e garante que o ano seguinte precisa ser diferente.

"Difícil falar. Não dá para prever nada disso. Vocês acompanham nosso dia a dia, não tem nenhuma confusão, todo mundo se respeita e trabalho muito. Às vezes o resultado não vem. Não dá para traçar planos e dizer o que para 2018 não vamos fazer. É trabalhar firme. Não dá pra dizer que eu não faria. Precisamos traçar algumas outras trajetórias para que 2018 seja diferente".

Próximo artigo:
São Paulo 4 x 1 Mirassol: Tricolor sai atrás, vira o placar, vê expulsão de rival e garante goleada em estreia do Paulista
Próximo artigo:
Após rumores do PSG, Barcelona tem nova reunião com De Jong
Próximo artigo:
Vanderlei à venda? Torcida do Santos compra briga para dar recado a Sampaoli
Próximo artigo:
Klopp comemora vitória apertada do Liverpool na Premier: "Estou muito feliz"
Próximo artigo:
Modric afasta saída do Real Madrid: "tenho mais um ano e meio de contrato"
Fechar