Sem jogadores brilhantes, Austrália aposta na força física na Copa do Mundo

Comentários()
Australianos contam com o veterao Cahill em busca da classificação às oitavas de final

Num grupo com França, Peru e Dinamarca, a Austrália pode ser considerada zebra. Participando da Copa do Mundo pela quinta vez, sendo a quarta consecutiva, a seleção é considerada limitada técnicamente, mas a força física ganha destaque. 

O meia experiente Tim Cahill pode ser considerado o astro da equipe, que também conta com Mooy, peça importantíssima no esquema do técnico Bert van Marwik, uma vez que é o grande responsável pelas jogadas ofensivas e o "cérebro pensante".

GFX Austrália

Terceiro lugar no Grupo 2 das Eliminatórias Asiáticas, o time teve que passar por duas repescagens para carimbar o passaporte. Viradas improváveis e gols no fim do jogo ajudaram os australianos. Resta agora saber se a força física irá superar a falta de qualidade técnica dos jogadores que terão pela frente duros adversários.

Se avançar às oitavas de final, a Austrália ainda assim não terá vida fácil no cruzamento com o Grupo D, formado por Argentina, Croácia, Islândia e Nigéria.

Próximo artigo:
Suárez pede que Neymar ignore rumores sobre o Barcelona: "deve desfrutar Paris"
Próximo artigo:
Site: Bruno Henrique chega para assinar com o Flamengo nessa terça-feira
Próximo artigo:
Mercado da bola: os principais rumores de Corinthians, São Paulo, Flamengo e os grandes clubes do Brasil
Próximo artigo:
Juventus 3x0 Chievo: CR7 perde pênalti, mas Velha Senhora segue imbatível na Itália
Próximo artigo:
Hazard não descarta ida para o Real Madrid no futuro: "Me agradaria, por que não?"
Fechar