Notícias Placares ao vivo
Brasil Sub 23

Seleção sub-23 leva 'legião' de olheiros do mundo inteiro a jogos do Pré-Olímpico

10:00 BRST 22/01/2020
Reinier Brasil x Peru Pré-Olímpico 19012020
Situação reflete o que tem se tornado o mercado do futebol brasileiro ao longo dos últimos anos

Depois de vencer o Peru por 1 a 0 na estreia do Pré-Olímpico, André Jardine prepara a equipe que vai encarar o Uruguai, nesta quarta-feira (22), pelo segundo compromisso da seleção olímpica no torneio. O comandante estuda algumas mudanças na equipe e Reinier, mais novo reforço do Real Madrid, surge como opção.

Aos 18 anos, completados na última segunda (20), o caçula do grupo tem como forte característica a presença de área, o que tem feito Jardine considerar sua promoção ao time titular. Outras opções também passam pela prancheta do treinador, que busca uma forma de jogar um futebol 'mais bonito' e atraente ao público.

No entanto, pelo menos o primeiro jogo não indica que a presença dos torcedores será massiva neste torneio. Na estreia, a seleção jogou para bem menos da capacidade do estádio, que era de 21 mil pessoas. O que ficou mesmo evidente foi o número de olheiros e empresários de diversas partes do mundo. 

Segundo o Globoesporte.com, representantes de dezenas de clubes como Juventus, Real Madrid, Liverpool, Arsenal, Villareal, Borússia Dortmund, Everton, Lyon e até mesmo de equipes do Canadá e dos Estados Unidos acompanharam o confronto contra os peruanos. 

Isso retrata muito bem o comportamento do mercado nos últimos anos. Os clubes da América do Sul, e principalmente os brasileiros, estão perdendo cada vez mais cedo seus atletas, que muitas vezes, antes mesmo dos 20 anos, como no caso de Reinier, embarcam rumo a outras ligas. 

De acordo com o portal Transfermark, especialista em mercado da bola, a seleção que disputa o Pré-Olímpico vale cerca de R$ 745 milhões, valor que pode aumentar conforme o desempenho dos atletas na competição. 

Líder do grupo B ao lado do Uruguai, o Brasil encara o time celeste neste meio de semana e terá uma 'folga' mais longa antes dos duelos contra Paraguai e Bolívia. O primeiro e o segundo colocado avançam para o quadrangular final, que garante duas vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.