Sarri diz "não ter certeza" de que será técnico do Chelsea por muito tempo

Comentários()
Getty Images
A equipe de Londres vem somando derrotas humilhantes contra seus maiores rivais, e isso pode custar a permanência do técnico italiano no comando

Maurizio Sarri, técnico do Chelsea, declarou não ter certeza se continuará no comando da equipe dos Blues, e que não conversou com Roman Abramovich, dono do clube, ou com a diretora-sênior Marina Granovskaia sobre sua situação.

“Tenho que pensar se serei o treinador do Chelsea por bastante tempo. Senão não consigo trabalhar. Não tenho certeza se irá funcionar, mas tenho que pensar assim. Tenho que trabalhar e quero permanecer por um longo prazo”, disse o treinador.

O Chelsea sofreu seguidas derrotas humilhantes contra o Bournemouth, Arsenal e Manchester City recentemente, além de terem perdido o duelo de ida da Copa da Inglaterra em casa para o Manchester United. Tudo isso vem acarretando em uma vida sob grande pressão para Sarri dentro do clube.

“O sistema é um problema falso. Eu sei muito bem que, quando perdemos, eu preciso colocar um atacante em campo. Quando vencemos, preciso colocar um defensor em campo. Mas eu quero ver o futebol de uma outra maneira”, acrescentou.

“Como eu havia dito na última conferência, é bem simples: precisamos vencer três ou quatro partidas seguidas, é a única solução. Entendo a frustração de nossos torcedores porque eles estão acostumados a nos ver vencendo e agora estamos enfrentando problemas, mas posso entende-los muito bem”.

O Chelsea volta a entrar em campo nesta quinta-feira (21), pelo jogo de volta da segunda rodada da Europa League contra o Malmo, em Stamford Bridge, a partir das 17h (de Brasília). A equipe dos Blues tem a vantagem por ter vencido fora de casa por 2 a 1.

Fechar