São Paulo vibra com Volpi e gol de Pato, mas agora o problema foi no meio-campo

Comentários()
Divulgação/São Paulo FC
O ataque enfim voltou a estufar as redes e agora o são-paulino voltou a confiar em um goleiro... mas contra o Cruzeiro surgiu outro problema

A péssima efetividade do ataque é um dos motivos de maiores críticas a este time do São Paulo. O Tricolor é quem menos estufa as redes em 2019, considerando todos os times da elite. Após quatro jogos, três derrotas seguidas e uma eliminação na Copa do Brasil, a equipe treinada por Cuca voltou a estufar as redes neste domingo (02). Alexandre Pato abriu o placar contra o Cruzeiro, mas os mineiros chegaram ao empate através de uma falta magistral cobrada por Thiago Neves. E se não fossem as defesas de Tiago Volpi, o cenário teria sido ainda pior do que o resultado final de 1 a 1.

Na saída do Pacaembu, o goleiro de 28 anos, contratado com a esperança e peso de passar segurança sob as traves - sensação que o torcedor não sente desde a aposentadoria de Rogério Ceni, em 2015 - disse ter feito sua melhor atuação pelo Tricolor: “Pode ser considerado sim o meu melhor jogo com a camisa do São Paulo. Hoje fui exigido um pouco mais do normal, faz parte do jogo”, afirmou para os jornalistas. Fez defesas impressionantes.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e faça o teste por um mês grátis!

Mais artigos abaixo

Mas se o ataque, ainda que de forma muito tímida, finalmente voltou a cumprir com sua missão e enfim um goleiro passa a segurança que a torcida tanto anseia, o que deu errado desta vez? Se no passado um pouco mais distante, antes de Volpi enfim se adaptar ao clube, o problema eram os goleiros, e recentemente a fragilidade passou a ser o ataque, contra o Cruzeiro o time falhou muito no meio-campo.

GFX São Paulo Cruzeiro

GFX São PauloSão Paulo contra o Cruzeiro e, mais abaixo, nos 4 jogos em que não fez gols (Imagem: Opta Sports)

Considerando o período curto dos quatro jogos sem marcar gols até este domingo, o meio-campo do São Paulo fez a sua pior exibição conjunta: o Cruzeiro, que também vinha de crise fora e dentro de campo, dominou as ações no Pacaembu e fez do terreno de sua área até a do Tricolor um feudo onde foi rei. Conseguiu chegar muitas vezes ao ataque e, melhor ainda, finalizar em boas condições.

Tiago Volpi Bahia São Paulo Copa do Brasil 29052019(Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)

O torcedor são paulino termina o seu domingo (02) feliz pelo desempenho excelente do goleiro Tiago Volpi e enfim comemorou um gol. Mas segue revoltado com o time, que não entrega o desempenho ou os resultados desejados. A sensação hoje no São Paulo é a de que os problemas não terminam: quando um deixa de existir, outro aparece.

Fechar