São Paulo promete pagar salário de Daniel até fim de contrato

Comentários()
Rubens Chiri / São Paulo FC / Divulgação
Com vínculo de empréstimo com São Bento até final do ano, meia foi assassinado em Curitiba

Emprestado do São Paulo ao São Bento até o fim do ano, Daniel Corrêa foi assassinado no último fim de semana, em São José dos Pinhais, e mesmo com a morte precoce do jogador de apenas 24 anos, o clube paulista prometeu pagar sua parte do salário à família do meia.

“Teoricamente, o contrato é rompido. O clube não é responsável pelo o que o atleta fez em um momento que estava fora das atividades profissionais. Não dá para exigir, mas é sempre legal que ele cumpra o contrato e ajude a família de alguma forma”, disse Martorelli, presidente do Sindicato dos Atletas Profissionais de São Paulo.

Contratado pelo São Paulo em 2015 como uma promessa, Daniel não rendeu o esperado. Tendo de conviver com problemas físicos, o meia registrou apenas 16 partidas oficiais pelo clube e não marcou gols.

 

Próximo artigo:
Supercopa da Itália na Arábia Saudita, Rally Dakar no Peru. Os eventos esportivos em palcos inusitados pelo mundo
Próximo artigo:
Com chegada de Arrascaeta Vitinho, se diz aliviado por deixar de ser o mais caro da história do Flamengo
Próximo artigo:
Messi celebra os 400 gols na La Liga e garante não pensar em números
Próximo artigo:
Com a chegada de Ricardo Gourlart, qual a melhor formação para o Palmeiras?
Próximo artigo:
Futebol na TV: confira a programação de quarta-feira, 16 de janeiro
Fechar