São Paulo: Jardine vê melhora apesar de empate com o Grêmio

Comentários()
Miguel Schincariol/Getty
Novo técnico lamenta resultado apesar de ter time "controlando" o duelo no Morumbi, o primeiro da pós-era Aguirre

Faltou a vitória, mas o São Paulo já pode ver um futuro mais otimista para o restanto do Brasileirão 2018. Pelo menos é o que acredita o técnico André Jardine, que comandou a equipe pela primeira vez nesta quinta-feira (15), no empate em 1 a 1 contra o Grêmio no Morumbi: para o interino, o time ficou mais próximo da vitória que seu adversário, e mostrou fibra ao reagir e arrancar um ponto na 34ª rodada.

Confirmado até o final do ano, Jardine substitui o uruguaio Diego Aguirre, demitido após o empate com o Corinthians no último final de semana, e terá o grande desafio de confirmar a classificação à próxima Libertadores contra adversários que ainda têm objetivos na Série A, como Vasco, Sport Recife e Chapecoense.

"O São Paulo controlou a maior parte do jogo. Talvez se não tivéssemos sofrido o primeiro gol, ganharíamos a partida", declarou em coletiva de imprensa. "Mas, mesmo saindo atrás no placar, conseguimos reagir. E isso dá a sensação de que a gente vai conseguir fazer ainda melhor contra equipes que não forem tão qualificadas assim como a do Grêmio."

Com apenas uma vitória nos últimos dez jogos, o Tricolor Paulista viu a corrida pelo título virar briga pela classificação pela Copa Libertadores, vaga que disputa com o próprio Grêmio pela classificação direta à fase de grupos da competição.

São Paulo Grêmio Brasileirão 15 11 2018(Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Em um momento decisivo na temporada, o grupo depende de mais 'ânimo' para buscar os objetivos.

"Tentamos levantar o astral e trabalhar nesses três dias que a gente teve. O objetivo principal hoje era melhorar o desempenho, para nos aproximar das vitórias. E acho que esse objetivo a gente conquistou", continuou Jardine.

O próximo desafio também não será fácil para o São Paulo, que encara o Cruzeiro no domingo (18), novamente no Morumbi, a partir das 19h (horário de Brasília).

Fechar