São-paulinos ressaltam vantagem, mas preveem "mais uma guerra na casa deles"

Comentários()
© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Tricolor venceu por 1 a 0 o Majestoso de ida da semifinal do Campeonato Paulista

Com gol de Nene, o São Paulo venceu o Corinthians por 1 a 0, neste domingo (25) e largou na frente na briga por uma vaga na final do Campeonato Paulista. Agora, o Tricolor joga pelo empate na próxima quarta-feira (28), às 21h45 (de Brasília), em Itaquera. O Timão, por sua vez, precisará vencer por pelo menos dois gols de diferença. Triunfo simples leva a disputa para os pênaltis.

Na saída do Morumbi, os jogadores do Tricolor valorizaram o resultado obtido, mas fizeram questão de lembrar que ainda falta mais um duelo.

"Acredito que foi uma das melhores apresentações nossas, como foi o segundo tempo com o São Caetano. As diferenças foram atitude e intensidade. Faltava essa garra, vontade, mostrar que queríamos reverter o resultado. Fico feliz por estar ajudando neste momento tão importante, É normal esse crescimento, estou feliz por o time todo conseguir essa mudança de atitude que tivemos”, ressaltou Nene.

“Administrar é muito difícil. Dificilmente alguém vai conseguir fazer dois, três gols no Corinthians, que tem o time mais compacto do país. Muito feliz pelo esforço de todos, mas não tem nada ganho. A gente sabe a dificuldade de jogar em Itaquera”, afirmou Petros.

 “Vantagem importante, mas temos total consciência de que tem mais uma guerra na casa dos caras. Nós nos cobramos para ganharmos grandes jogos como esse e temos mais uma batalha”, finalizou Sidão.

Próximo artigo:
Hernanes desfalca o São Paulo na estreia do time no Paulistão
Próximo artigo:
Corinthians leva elenco do Visão Celeste à Arena e bancará viagem de rival goleado na Copinha
Próximo artigo:
Vice do Palmeiras nega oferta de clube chinês por Dudu
Próximo artigo:
Palmeiras favorito, Corinthians defendendo o título, São Paulo, Santos... Como chegam os quatro grandes para o Paulistão
Próximo artigo:
Vice do Cruzeiro critica valores pagos pelo Fla por Arrascaeta: "eu não pagaria tudo isso"
Fechar