Sampaoli: "Messi tem um revólver apontado à cabeça que se chama Mundial"

Comentários()
Getty
Treinador da Seleção Argentina, lamenta que o craque do Barcelona tenha de jogar sob enorme pressão

Jorge Sampaoli, técnico da Argentina, não esconde a satisfação por poder treinar um jogador como Lionel Messi. No livro ‘Mis Latidos’, que será lançado em abril, o treinador comparou o Mundial 2018 a um revólver apontado ao jogador do Barcelona.

"Este tipo de futebol faz mal até ao Messi. Apontam-lhe um revólver à cabeça, que se chama Copa do Mundo, e se não o ganhar, disparam e o matam. É uma loucura que não possa desfrutar do seu talento", lamentou.

"Treino o melhor jogador da história. Está acima de todas as variáveis normais. Um tipo que se mantém dez anos como o melhor do mundo modifica a tua forma de trabalhar. É difícil assumir esse papel quando o teu jogador sabe que é melhor do que tu. É uma responsabilidade, mas também uma diversão", completou.

Argentina Italia International friendly 23032018
Foto: Getty Images

Messi não participou da vitória sobre a Itália por 2 a 0, na última sexta-feira (23), em Manchester, por conta de dores musculares. No entanto, o jogador deve reforçar a Seleção no duelo com a Espanha, nesta terça-feira (27), às 16h30 (de Brasília).

 

Próximo artigo:
Barcelona é acusado de ter escalado jogador irregular
Próximo artigo:
"Homem-Aranha em campo!" Vardy treina vestido como super-herói no Leicester
Próximo artigo:
Gabigol e Arrascaeta participam de primeira atividade no Flamengo mas não escapam de "batismo"
Próximo artigo:
Cruzeiro confirma acerto com Marquinhos Gabriel, que chega na sexta a Belo Horizonte
Próximo artigo:
Fabinho fala sobre jogar como zagueiro no Liverpool: "Eu me adaptei bem"
Fechar