Salah jogará a decisão da Champions League em jejum por conta da religião

Comentários()
Getty Images
Atacante egípcio é seguidor do islamismo, que prega um período sem alimentação ou relações sexuais

O Liverpool terá que lidar com uma situação peculiar na final da Champions League, no próximo sábado (24). Um dos principais jogadores do elenco, Mohamed Salah, não se alimentará no dia da decisão, contra o Real Madrid, a partir das 15h45 (de Brasília).

Acontece que o egípcio é seguidor do islamismo e, segundo a religião, há um período no ano, chamado de Ramadan, no qual os adultos não devem se alimentar ou praticar relações sexuais enquanto há luz solar.

Salah, segundo fontes, cumprirá o jejum normalmente, apesar da preocupação do corpo técnico da equipe. Em entrevista à Radio Marca, o marroquino Nabil El Zhar, da mesma religião do camisa 11, afirmou que consegue jogar bem, mesmo sem se alimentar. "Me sinto mais limpo quando vou para o campo no Ramadan, até acho que jogo melhor", afirmou.

As mesmas pessoas que revelaram o fato de o egípcio completar o período em jejum, também disseram que, para desejar sorte ao jogador, matarão três carneiros. A prática costuma ser realizada antes de todas as partidas importantes que o atacante dos Reds participa.

 

Fechar