Ronaldinho torce pela felicidade de Messi, menos por um título na Copa do Mundo

Ronaldinho Messi Barcelona

Amigo e fã, mas brasileiro acima de tudo. Esse foi o tom da fala de Ronaldinho Gaúcho sobre as conquistas de Lionel Messi, seu ex-companheiro de Barcelona, e com quem ele tem uma relação pessoal. O Bruxo afirmou que torce muito pelo argentino, mas o limite é a Copa do Mundo, quando ele é 100% nacionalista.

Quem é que não vibra com as conquistas do amigo? Pois é, até mesmo Ronaldinho Gaúcho vive essa situação, e como ninguém mais ninguém menos do que Lionel Messi. Apesar da amizade, porém, o Bruxo é braisleiro em primeiro lugar, e coloca a conquista da Copa do Mundo como limite quando o assunto é torcer para o seu ex-companheiro, como disse em entrevista coletiva ao lado de Roberto Carlos, antes de um jogo amistoso.Futebol ao vivo e quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

“Por ter uma amizade muito grande, todas as conquistas do Messi me deixam feliz. Então, espero que ele tenha o máximo de vitórias, o máximo de títulos, o máximo de alegrias na vida dele, pela amizade que a gente tem”, começou Ronaldinho.

‘Mas a gente espera que o Brasil volte a ser campeão, estamos já há alguns anos sem sermos campeões do mundo, e como o Roberto Carlos vem falando, a gente está em um momento muito bom. O Brasil volta a chegar em uma Copa do Mundo como favorito, com grandes jogadores e um momento muito bom, então agora a gente fica na torcida, esperando que o Brasil volte a ser campeão do mundo”.

E um desses grandes jogadores mencionados pelo Bruxo é Vinícius Jr., que recém foi campeão europeu com o Real Madrid, e que também foi assunto da entrevista. Ronaldinho rasgou elogios ao jovem atacante, por quem confessou ter uma preferência em relação a Kylian Mbappé, astro do Paris Saint-Germain.

“Os dois são grandes jogadores, mas por sermos brasileiros, sempre levamos para casa, para o Brasil. O Vinícius vive um momento lindo, e nos alegra muito por que é brasileiro, porque é uma grande pessoa, um jovem com muito talento”, disse Ronaldinho. “O Mbappé também está em um momento lindo, lhe desejo toda a sorte, ele também é uma pessoa muito amável. Mas, como brasileiros, nós temos Neymar e o Vinícius, que sempre esperamos que façam o melhor que puderem”.

Ainda falando em Copa do Mundo, Ronaldinho comentou sobre aquele gol que marcou contra a Inglaterra, em 2002, quando o Brasil levantou a taça do Mundial pela última vez. Ele confessou que tem um carinho especial por esse lance, que marcou muito sua carreira.

“Muito importante, fazer gol em Mundial é muito especial, e para mim é um gol que marcou muito. Em todos os lugares do mundo, quando passo, as pessoas me perguntam sobre esse gol”, revelou o ex-jogador. “Muito especial, foi no Mundial que ganhamos, a última vez que nosso país foi campeão, tem muita importância na minha vida”.