Renato tenta fazer com que elenco esqueça erros da arbitragem e foque somente no jogo contra o Lanús

Comentários()
Buda Mendes/Getty
Clube fez reclamações públicas e formais contra a arbitragem, mas tenta agora se focar somente no duelo decisivo desta quarta-feira

 O Grêmio quer evitar problemas com a arbitragem nesta quarta-feira, no jogo que decidirá quem será o campeão da Libertadores em 2017. Após um primeiro jogo cheio de reclamações principalmente pela não utilização do árbitro de vídeo em lances polêmicos, a comissão técnica trabalha nos vestiários para fazer os atletas esquecerem os problemas com a arbitragem. 

Neste domingo após o duelo contra o Atlético-GO pela 37ª rodada do Brasileirão, - onde os titulares foram poupados - Renato revelou que teve uma conversa com os jogadores por quase uma hora para falar sobre a partida.  

"Eu já conversei com o grupo hoje (domingo) pela parte da manhã. Ficamos conversando quase uma hora. Sem problema. Meu grupo vai para Argentina só pensando no título. A arbitragem está lá. Eles têm a tecnologia, o vídeo. Meu time vai só para jogar futebol. É isso que vai acontecer", disse Renato. 

Enquanto Renato tenta blindar o seu time, a diretoria foi até o Paraguai reclamar das decisões de Julio Bascuñan no primeiro jogo e o clube conseguiu retirar Héctor Baldassi da escala original para o segundo duelo da final da Libertadores.  

Walter Kannemann Jose Sand Gremio Lanus Copa Libertadores 22112017Foto: ITAMAR AGUIAR/AFP/Getty

Outro pedido ainda não respondido pela Conmebol é a anulação do cartão amarelo aplicado em Walter Kannemann que acabou tirando o zagueiro da segunda partida por suspensão automática.  

"O Grêmio foi à Conmebol, teve uma reunião. Agora temos que esquecer esse negócio de arbitragem. Temos que ir lá, procurar jogar futebol como a gente sempre fez e buscar o título", reiterou o treinador. 

Um dos dirigentes que mais mostrou irritação com a arbitragem após o jogo contra o Lanús na Arena do Grêmio, o vice-presidente de futebol Odorico Roman, também manteve a linha de Renato Gaúcho, pedindo aos atletas que se esqueçam da política, do trabalho de bastidores e foquem nos últimos ajustes para o time ter um bom desempenho. 

Cicero Geromel Gremio Lanus Copa Libertadores 22112017Foto: NELSON ALMEIDA/AFP/Getty

"A reunião do presidente na Conmebol foi muito importante. O Grêmio mostrou contrariedade e o presidente da Conmebol deixou muito claro que ele se sentia frustrado pelo não uso da tecnologia e dando garantias de que o futebol vai prevalecer. Os efeitos da reunião são importantes. O que estamos trabalhando agora é para garantir tranquilidade e segurança da delegação", apontou Odorico Roman. 

O Grêmio embarca rumo a Buenos Aires à noite. Na terça, realiza treino no estádio La Fortaleza, palco da decisão desta quarta-feira (29), quando o Tricolor entra em campo com a vantagem do empate para levar a taça.

Fechar