Real Madrid segue passos do rival Barcelona e cria time de futebol feminino

Comentários()
Getty Images
Clube merengue absorverá o Deportivo Tacón a partir de 2020. Porém, antes disso, já jogará na Ciudad Deportiva Real Madrid

O Real Madrid confirmou nesta terça-feira a sua entrada no futebol feminino. "A direção do Real Madrid, reunida nesta terça-feira, 25 de junho de 2019, concordou em propor à próxima Assembleia Geral de Sócios que se celebre a fusão por compra do Club Deportivo Tacón, de futebol feminino, com efeito em 1 de julho de 2020", escreveu o comunicado.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste grátis o serviço por um mês!

A agremiação explica a situação: "Durante esta temporada 2019/2020, o elenco profissional do Tacón treinará e jogará suas partidas na Ciudad Deportiva Real Madrid, em um marco de colaboração transitória entre ambos os clubes".

O clube havia resistido há anos em abrir essa porta, vendo como todos os seus rivais montaram elencos femininos e financiandos verdadeiras seleções. Porém, até o momento, havia ficado fora. A absorção do clube, que acaba de chegar à disputa da primeira divisão de La Liga, será feita por meio milhão de euros.

Mais artigos abaixo

Na última década, quase todos os grandes clubes europeus ampliaram suas estruturas. Na Espanha, por exemplo, o grande classico era entre Atlético de Madrid e Barcelona, time da brasileira Andressinha.

Na temporada passada, o Barça alcançou a final da UEFA Champions League, mas foi derrotado pelo Lyon na finalíssima.

O futebol feminino espanhol reclamava desde anos a existência de um Real Madrid para assim poder ver a grande rivalidade do país também entre as mulheres.

Fechar