Rafinha cairia como uma luva no Flamengo de Reinaldo Rueda para 2018

Comentários()
Gallo Images/Getty Images Sport
Jogador deseja retornar ao Brasil e jogar por algum clube antes de encerrar a carreira no Coxa

Com contrato até o meio do ano de 2018, quando termina a temporada europeia, Rafinha pode ser mais um nome a voltar ao futebol brasileiro. Aos 32 anos, o lateral disse em entrevista a Fox Sports que tem o desenho de retornar ao Brasil em algum momento, mas a pessoas próximas ele garantiu que isso pode acontecer até mesmo antes do encerramento de seu contrato.

O jogador do Bayern de Munique deixou claro que deseja terminar a carreira no Coritiba, clube no qual foi revelado, mas antes disso pretende jogar em outra equipe do futebol brasileiro. Com muita lenha para queimar, o atleta é monitorado de perto por alguns clubes entre eles o Palmeiras que já chegou até a conversar com Rafinha, mas as coisas não evoluíram.

Rafinha FC Bayern 18082017
(Foto: Getty Images)

Apesar disso, o time alviverde segue acompanhando a situação do lateral que cairia como uma luva na equipe de Cuca. Acima da média na posição, além de experiência e talento, ele tem liderança e também pode atuar em mais de uma função dentro de campo. 

Se no Palmeiras o jogador seria bem  vindo, o mesmo podemos dizer a respeito do Flamengo, que espera reformular o elenco com a ajuda de Reinaldo Rueda e fazer contratações importantes em algumas posições. Com Pará e Rodinei, o treinador colombiano ainda se mostra não muito satisfeito e espera por um jogador que saiba fazer melhor a função defensiva.

Pará Flamengo Macaé Carioca 01022017
(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Além disso, um nome de peso e com o talento de Rafinha seria importante para ajudar o clube na importante temporada que terá pela frente. Já que 2017 foi muito decepcionante para o torcedor, o time Rubro-Negro vai precisar correr dobrado para entregar um ano de 2018 mais feliz. Também vale ressaltar que é ano de eleição e Eduardo Bandeira de Mello não quer por em risco a sua chapa por conta de resultados inexpressivos no futebol.

Com duas das maiores receitas do futebol brasileiro, para a dupla Palmeiras e Flamengo seria mais fácil para repatriar o jogador que não seria nada barato. Por outro lado, Rafinha fez questão de deixar claro que não se limita a apenas estes dois clubes e pode estar aberto para outras instituições.

"Com certeza, são duas equipes, não só o Palmeiras e Flamengo, mas o Brasil tem várias equipes que não devem nada para infraestrutura europeia. Com certeza, não só essas equipes, mas outras me fariam (jogar no Brasil). Muita gente não sabe da estrutura dos clubes brasileiros, mas a gente acompanha, tem muitos clubes do Brasil que se tivesse um convite e projeto legal eu aceitaria com certeza", garantiu em entrevista ao Bom Dia Fox Sports.


VEJA TAMBÉM:


Fechar