Notícias Placares ao vivo
Ligue 1

Wesley Said: A estrela em ascensão da Ligue 1

09:00 BRST 20/12/2017
Wesley Said Dijon
O jogador de 22 anos se destacou no final de semana pelo Dijon fazendo sua melhor partida da carreira como jogador profissional

A vitória do Dijon por 3 a 0 sobre o Lille no sábado fez o clube saltar para a primeira metade da tabela de classificação da Ligue 1 pela primeira vez. O clube disputou as três temporadas anteriores na elite do futebol francês, mas nunca antes havia chegado nas posições da primeira página da tabela. 

O time de Olivier Dall'oglio abriu o caminho para essa parte superior da tabela graças a uma série de boas performances em casa, com cinco vitórias nos cinco últimos no Stade Gaston Gerrard. 

Havia preocupações antes do jogo do fim de semana que, sem o líder do ataque, Julio Tavares, eles poderiam encontrar dificuldades, mas o Dijon escolheu o jovem Wesley Said para liderar a equipe contra um Lille em dificuldades.

Foto: Getty

O jogador de 22 anos de idade deu uma ótima impressão. Com 12 minutos no relógio, ele recebeu uma bola na medida de Mehdi Abeid para volear e colocar o seu time em vantagem, duplicando sua conta pessoal um pouco mais tarde. 

O gol contra de Fode Ballo-Toure antes do intervalo completou o resultado e quebrou uma sequência de oito gols do Dijon, quatro dos quais foram marcados por Said. 

A primeira metade da temporada começou de forma lenta para o atacante, que chegou do Rennes no verão. No entanto, no último mês ele explodiu espetacularmente, marcando quatro gols e concedendo duas assistências em suas últimas cinco partidas. 

Sua performance contra Lille foi talvez a melhor que ele fez em sua carreira como profissional que começou em agosto de 2013, quando ele estreou contra os mesmos oponentes, para Rennes, com 18 anos de idade. 

Foto: Getty

Said surgiu para o futebol vindo das categorias de base do Rennes, onde chegou aos 11 anos. Quando tinha 15 anos já era considerado um atacante diferenciado, com Patrick Rapillon, o diretor da base, declarando à France Football: "Você nunca pode ter certeza de nada, mas se ele não for bem como profissional, pedirei para ser demitido imediatamente". 

Depois de fazer sua estreia como profissional, o jogador teve curtos empréstimo empréstimos para o Laval e Dijon na Ligue 2, retornando ao Rennes na última temporada para começar a deixar a sua marca. 

Embora ele tenha sido muitas vezes um reserva, marcou seis vezes em todas as competições e fez o suficiente para persuadir o Dijon a pagar 1,5 milhão de euros no verão pelo seu passe, na medida em que visavam substituir Lois Diony, que era o seu último jogador em destaque. 

Os homens de Dall'oglio são conhecidos pelo hábito de encontrar pechinchas no mercado de transferência nos últimos anos, e Said está mostrando sinais de que ele pode ser outro jogador deste tipo. 

O estilo de jogo do Dijon foi uma das razões pelas quais Said voltou ao clube. 

Foto: Getty

"Defensivamente o treinador nos pede para ajudar o time o máximo possível, para fazer um esforço, mas, na frente, temos muita liberdade", disse. "Ele nos permite criar coisas. Ele fez muitas contratações para o ataque no verão, mas todos nós temos o mesmo perfil: somos jogadores de bola. Nós só precisamos de sorte". 

Foi um processo de adaptação constante para o francês, mas à medida que as férias de Natal se aproximam, há poucas dúvidas de que agora encontrou um clube que ele poderá evoluir um pouco mais do que no ano anterior. 

"Eu não sou um atacante que é obsessivo com o número de gols que eu vou marcar", ele admitiu em uma entrevista com So Foot na temporada passada. "Mas eu sei que ainda tenho que melhorar com minha finalização". 

Com a evidência das últimas semanas, ele fez exatamente isso, elevando seu jogo a um nível que não havia chegado anteriormente. 

O Dijon pode ter definido que seu objetivo é apenas a sobrevivência na Ligue 1 nesta temporada, mas se seu jovem atacante continuar nesta linha, eles podem começar a apontar para um ponto mais permanente no top 10.